Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD defende a criação do Estatuto do Antigo Combatente
Ana Miguel dos Santos apresentou a proposta do PSD que visa prestar o “justo reconhecimento” aos Antigos Combatentes.
“No passado dia 12 de dezembro, o PSD afirmou nesta câmara que estava disponível para trabalhar, de forma construtiva, com todas as forças políticas, para conseguirmos aprovar um Estatuto do Antigo Combatente, que fosse o mais consensual possível. O PSD, reafirmo, continua disponível para obter esse consenso. No entanto, o PSD não abdica, e irá pugnar para que este diploma vá ao encontro das aspirações e necessidades dos nossos Antigos Combatentes. Pugnaremos pelo justo reconhecimento, necessário e inequívoco a estas Mulheres e estes Homens. Reconhecimento que deverá ser concretizado de uma vez por todas e sem propaganda política.” Foram estas as palavras escolhidas por Ana Miguel dos Santos, esta sexta-feira, para iniciar a apresentação do Projeto de Lei do PSD que aprova o Estatuto do Antigo Combatente.
De seguida, a deputada frisou que o PSD defende que o Estatuto do Antigo Combatente deve ser mais ambicioso e ir mais além de propostas como a entrada gratuita em museus ou de cartões que exibam uma condição. “O Estatuto do Antigo Combatente não pode esquecer a família militar, em especial as viúvas e os viúvos dos Antigos Combatentes, a quem se impôs o sacrifício da própria vida, sem lhes dar nada em troca. Reiteramos: família militar não pode ser um conceito utilizado para preencher um simples preâmbulo de um diploma. O apoio à família militar, deve ser uma realidade materializada em medidas concretas e que representem mudanças reais na vida destas pessoas. Porque mais importante do que produzirmos plataformas virtuais que sinalizam a condição de sem-abrigo, é oferecermos uma habitação condigna a estas pessoas.”
Dirigindo-se às bancadas que apresentaram propostas no mesmo sentido, Ana Miguel dos Santos declarou que o PSD, para além de acompanhar as propostas dos diversos partidos, vai mais além, e apresenta medidas que procuram contemplar velhas pretensões e necessidades dos antigos combatentes. “Medidas que melhorem as condições de vida destas pessoas: um direito de preferência na habitação social para os Antigos Combatentes ou as suas viúvas ou viúvos que se encontrem numa situação de sem abrigo; Atribuição/ Extensão do complemento especial de pensão e do suplemento especial de pensão para as viúvas ou viúvos dos Antigos Combatentes; ou ainda, a isenção de taxas moderadoras para os antigos combatentes e para as viúvas e viúvos. Sem esquecer, a Inscrição no cartão do cidadão da designação de Titular de Reconhecimento da Nação”.
A terminar, Ana Miguel dos Santos enfatizou que “Portugal tem uma dívida de gratidão para com os Antigos Combatentes que estiveram ao serviço do nosso país. Os Antigos Combatentes e as suas famílias já fizeram muito por Portugal. Não podem, nem devem esperar mais. Não podemos deixar que seja o tempo a resolver este assunto. Está na hora de agir. Porque cada dia que passa, é tarde demais!”
14-02-2020 Partilhar Recomendar
09-05-2019
Defesa: cativações de Centeno afetam cumprimento da Lei de Infraestruturas Militares
    O alerta foi deixado por Rui Silva.
11-04-2019
Pedro Roque alerta para efeitos negativos para a instituição militar resultantes de um sistema de avaliação desadequado
    O alerta foi deixado no debate de uma Petição da Associação Nacional de Sargentos.
20-03-2019
Rui Silva: preservação da soberania nacional é intocável
    O deputado alertou ainda para o efeito das cativações no setor da Defesa.
13-03-2019
Com a privatização dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo a Empordef passou a dar lucro
    Leonel Costa recordou que as receitas da Empordef eram canalizadas para tapar os prejuízos dos Estaleiros.
15-02-2019
Bruno Vitorino contesta morosidade do processo de atribuição de pensões de preço de sangue
    O deputado considera que “é inaceitável e imoral a demora e burocracia associadas a situações tão sensíveis como esta”.
07-02-2019
PSD evoca memória dos membros do Congresso da República Portuguesa mortos na Grande Guerra
    Conceição Bessa Ruão declarou o apoio do PSD à iniciativa que visa consagrar a memória de João Francisco de Sousa, José Afonso Palla e José Botelho de Carvalho Araújo.
23-01-2019
PSD disponível para contribuir para a construção de um consenso alargado nas matérias relativas à Defesa Nacional
    José de Matos Correia afirmou que, contrariamente ao que o PS fez no passado, os sociais-democratas atuarão com coerência e responsabilidade.
23-01-2019
Lei de Programação Militar: PSD questiona o Ministro sobre duplo uso dos equipamentos a adquirir
    Marco António Costa quis saber quais são esses equipamentos, qual o seu custo e qual a sua dupla utilização.
19-12-2018
Rui Silva: “tratar, cuidar, amparar e curar os nossos militares é um imperativo nacional”
    O deputado manifestou o apoio do PSD à reafetação dos Hospitais Militar Principal e de Belém aos serviços de retaguarda do Hospital das Forças Armadas.
26-10-2018
“PCP é conivente com as políticas que têm destruído as Forças Armadas”
    Bruno Vitorino frisa que a Polícia Marítima precisa de mais operacionais, mais meios e de modernos equipamentos.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas