Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Desígnio do PSD é “preparar as legislativas” e tornar Rui Rio “Primeiro-Ministro”
O deputado desafiou ainda os restantes partidos para a revisão do Sistema Político e para a Reforma da Justiça.
José Silvano reafirmou esta quarta-feira, no Parlamento, que o “principal desígnio” do PSD é trabalhar para Rui Rio ser “o próximo Primeiro-Ministro” de Portugal e, desta forma, serem concretizadas as duas reformas estruturais que o País tanto clama e que implicam o “diálogo entre partidos”, pois são “questões de regime”: as reformas da justiça e do sistema político.
Numa declaração política na Assembleia da República a propósito do 38.º Congresso do PSD, realizado no passado fim de semana, o Secretário-geral referiu que “foi aprovada, por uma ampla maioria, a estratégia política do PSD para os próximos dois anos, cujo principal desígnio é preparar o caminho para ganhar as próximas eleições legislativas e tornar o Presidente do Partido, Rui Rio, o próximo Primeiro-Ministro de Portugal”.
Nesse quadro, o PSD irá trabalhar “fortemente” nas regionais dos Açores, este ano, e nas autárquicas de 2021. A marca do PSD será, segundo o também deputado, o “reformismo”. “O PSD sempre foi ao longo da sua história um Partido Reformista. A sociedade de hoje, vive em plenas transformações, e exige mais mudanças e adaptações e com elas profundas reformas”, apontou.
José Silvano destacou que o PSD “esteve e continuará a estar disponível para encontrar pontos de entendimento com os outros partidos e com a sociedade em geral”, quer para imprimir mais transparência, verdade e eficácia ao sistema político, acabando com “os sintomas de enquistamento e descredibilização do sistema atual” e numa aproximação dos eleitores aos eleitos, quer para reformar o sistema de justiça, resolvendo a “morosidade das decisões e da devassa do segredo de justiça, da opacidade do seu funcionamento, mas também que não deixe de olhar” para as condições débeis que afetam os agentes judiciais”.
Já na fase de respostas políticas, José Silvano explicou que o PSD se situa no “espaço do centro, que é verdadeiramente social-democrata”, aquele que “principalmente os portugueses escolhem”. “Não tenha dúvidas que, dentro de pouco tempo, os portugueses que escolhem o centro e têm votado no PS facilmente votarão no PSD”, declarou.
Sobre as propostas do PSD para a saúde e a educação, o deputado diz que a questão não se coloca do ponto de vista ideológico, porque, para o PSD, as respostas devem ser asseguradas pelo setor público, pelo que aquilo que os “portugueses querem” é verem resolvidos os seus problemas.
12-02-2020 Partilhar Recomendar
05-06-2020
Cativações levaram a uma degradação sem paralelo dos serviços públicos
    Cancela Moura denunciou o “exercício de hipocrisia política” efetuado pelos partidos mais à esquerda.
19-12-2019
Privatização dos CTT: PSD não está amarrado a posições dogmáticas
    Jorge Mendes acusou os socialistas de “oportunismo”.
22-11-2019
Isaura Morais exorta o governo a cumprir as promessas que fez aos trabalhadores precários
    A deputada refere que “o Governo claramente faltou ao que prometeu”.
22-11-2019
“O PREVPAP foi um equívoco tão grande como o tamanho do Governo”
    José Cancela Moura lembrou que as promessas do executivo de combater a precariedade resultaram no aumento em quase 11% dos contratados a prazo.
22-11-2019
Governação do PS aumentou a precariedade
    Carla Barros frisou que “não há memória na história do país, de um governo que tanto tenha prometido aos trabalhadores e tão pouco tenha feito por eles”.
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
30-10-2019
Pedro Rodrigues alerta que o “governo se prepara para ser o campeão das promessas digitais”
    O deputado afirma que em vez de medidas concretas, o Programa do Governo traz um “conjunto de perplexidades, algumas dúvidas e uma série de incertezas”.
21-06-2019
Álvaro Batista: “os serviços públicos estão cada vez pior”
    O deputado lembra que estas são as consequências de uma governação “irresponsável, que toma as medidas sem as ponderar”.
22-02-2019
“CTT: Contrato de Concessão está em vigor e o PSD exige que ele seja cumprido”
    Paulo Rios de Oliveira frisou que os sociais-democratas querem garantias, dos CTT e do regulador, que o Contrato está a ser cumprido.
07-12-2018
Governo continua a contratar trabalhadores com vínculos precários
    Clara Marques Mendes acusou o governo de continuar a aumentar a precariedade no Estado.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas