Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD aguarda com paciência a indicação do governo para Governador do Banco de Portugal
Duarte Pacheco recorda que o indigitado terá de ser ouvido no Parlamento.
Duarte Pacheco garantiu, esta quarta-feira, que o PSD não comenta especulações jornalísticas sobre os nomes que estão em cima da mesa para Governador do Banco de Portugal. No seguimento de uma declaração política do PAN sobre essa matéria, o parlamentar afirmou que os sociais-democratas aguardam com paciência aquilo que seja a indicação do governo, quer para governador, quer para a restante administração e, nesse momento, tomarão uma posição.
Sobre se o processo de nomeação deve ou não ser revisto, o social-democrata frisou que o PSD está sempre disponível para melhorar qualquer procedimento sobre nomeações, nomeadamente para altos cargos do Estado, com o intuito de salvaguardar a independência da instituição e a competência técnica dos indigitados. Contudo, sublinha, “não podemos fazer alterações ad hominem e escrupulosamente pensadas para incluir ou excluir alguém”.
De seguida, Duarte Pacheco lembrou à bancada do PAN que a Comissão Parlamentar já tem competências sobre esta matéria, uma vez que lhe compete fazer a audição e a elaboração do relatório. “É verdade que o relatório não é vinculativo, mas também duvido que o governo venha a nomear alguém se vir aprovado no Parlamento um relatório crítico ou negativo sobre a personalidade que venha a ser indicada.”
Afirmando que estas audições não podem ser um pró-forma, Duarte Pacheco concluiu a sua intervenção declarando que os deputados devem “cumprir escrupulosamente aquilo que é o nosso papel de garantir que aquela pessoa tem um projeto sólido para a instituição que vai presidir e que tem a competência para o lugar.”
12-02-2020 Partilhar Recomendar
26-05-2010
PSD quer saber se Ministério das Finanças ignorou avisos da DGCI
    Em causa estão os "enganos" do Ministro relativamente ao valor do défice.
05-05-2010
PSD disponível a ajudar o Ministro das Finanças a convencer o Primeiro-Ministro a adiar as grandes obras públicas
    Deputados do PSD questionaram o Ministro das Finanças sobre as grandes obras públicas e suas consequências, sobre um aumento das retenções de IRS e sobre as medidas de apoio ao empréstimo à habitação própria em permanência por desempregados.
12-02-2010
Orçamento da Cultura é “parco”
    Afirmação é de Raquel Coelho que lançou várias questões à Ministra sobre a aplicação do seu Orçamento.
11-02-2010
Deputados eleitos pela Região Autónoma dos Açores interrogam Ministro das Finanças
    Mota Amaral e Joaquim Ponte levantam dúvidas sobre empréstimo do Estado e sobre a aplicação da Lei das Finanças Regionais
11-02-2010
Miguel Frasquilho acusa o Governo de fazer “uma marosca”
    Deputado do PSD refere-se às alterações na forma de contabilização das contribuições dos funcionários públicos para a Caixa Geral de Aposentações
Início Anterior
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas