Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD defende a existência de uma rede de cuidados de hemodiálise adequada às necessidades das populações
Hugo Oliveira fala numa rede de proximidade e com cobertura geográfica alargada.
Hugo Oliveira anunciou que o PSD defende a existência de uma rede de cuidados de hemodiálise adequada às necessidades das populações. No debate de uma Petição que solicitava a concessão de uma convenção para o Centro Médico de Diálise da Benedita, em Alcobaça, o deputado recordou que a referida unidade obteve já, no final do passado mês de julho, a convenção de que necessitava para poder iniciar a prestação desses tratamentos de diálise aos doentes que deles necessitam na região, e que serão em número superior a uma centena.
Reconhecendo que esta foi uma boa notícia, o parlamentar prosseguiu a sua intervenção lembrando “os enormes desafios que se colocam ainda no nosso País em termos de doença renal crónica, para mais sabendo-se que as estimativas apontam para que um em cada dez adultos portugueses sofram dessa doença. De acordo com um recente relatório da Sociedade Portuguesa de Nefrologia (SPN), são mais de 20 mil os doentes que já se encontram no nível mais grave de doença renal crónica, dos quais 12 mil doentes que se encontram a fazer hemodiálise. Somos, aliás, a nível mundial, um dos países com maior incidência e prevalência de doentes sob tratamento substitutivo da função renal”.
Sublinhando a necessidade de uma rede de cuidados de hemodiálise adequada às necessidades das populações, o deputado defendeu uma rede de proximidade, com cobertura geográfica alargada e suscetível de assegurar tratamentos em condições tais que produza a melhor utilização dos recursos.
A terminar, Hugo Oliveira admitiu que a capacidade de resposta do setor público é limitada, o que justifica que o Serviço Nacional de Saúde recorra a convenções com o setor privado. “Mas também sabemos que se trata de um setor complexo e vulnerável, onde o mercado da oferta de diálise apresenta elevados desequilíbrios e no qual importa especialmente garantir regras de transparência e de igualdade de condições entre prestadores, sem atropelos ou jogadas de bastidores, mas numa oferta não necessariamente pública. É que, na perspetiva do PSD, só assim assegurará o Estado uma efetiva defesa dos direitos e legítimos interesses dos doentes, afinal os verdadeiros e principais destinatários das políticas de saúde”.

20-12-2019 Partilhar Recomendar
27-02-2020
Pedrógão Grande: PSD defende Comissão de Inquérito Parlamentar para apreciar atribuição de apoios
   
19-02-2020
“Os portugueses têm assistido a uma crescente e evidente deterioração das condições de acesso ao SNS”
    Sandra Pereira refere que essa deterioração é particularmente visível nas cirurgias, consultas hospitalares de especialidade e nos exames complementares de diagnóstico e terapêutica.
12-02-2020
Inoperacionalidade dos helicópteros do INEM compromete meios de socorro às populações
    Os deputados do PSD estão preocupados com uma série de falhas detetadas no sistema de emergência médica helitransportada do INEM.
12-02-2020
É inadmissível que existam hospitais do SNS que não adquiram os medicamentos que os seus doentes precisam
    Álvaro Almeida fala numa “falta de financiamento” que resulta em problemas no acesso aos cuidados de saúde.
06-02-2020
Deputados do PSD reclamam nomeação de diretor clínico para o Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga
    António Topa, Helga Correia e Carla Madureira e questionaram a Ministra da Saúde.
05-02-2020
PS votou contra a criação de camas de cuidados continuados
    Álvaro Almeida criticou a irresponsabilidade dos socialistas.
04-02-2020
Álvaro Almeida: propostas do PSD garantem um acesso mais atempado e equitativo dos portugueses aos serviços de saúde
    O deputado considera que o problema da falta de acesso dos utentes aos serviços do SNS é a marca da governação falhada do PS na área da saúde.
03-02-2020
PSD defende uma redução de 15% dos custos com médicos tarefeiros
    Rui Cristina recordou que a própria Ministra da Saúde descreveu esta situação como “um cancro que está a percorrer o SNS”.
10-01-2020
650 mil portugueses sem médico de família comprovam o falhanço da governação socialista
    Referindo-se às promessas do governo, Rui Cristina lembrou igualmente o novo hospital do Algarve que continua sem sair do papel.
10-01-2020
Governo infligiu uma degradação sem precedentes ao SNS
    Alberto Machado denunciou as consequências das cativações no setor da saúde.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas