Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD questiona ministra da Saúde por falta de mamógrafo no Hospital de Chaves
Os parlamentares consideram que a proximidade e humanização dos serviços encontra-se cada vez mais distante das localidades de baixa densidade territorial.
Numa pergunta dirigida à ministra da Saúde, esta quarta-feira, os deputados do PSD manifestam preocupação com a falta de equipamentos que impedem, há 22 meses, a realização de mamografias no Hospital de Chaves. Recorde-se que já, em 30 de abril de 2018, o PSD interpelou o Governo por este mesmo motivo.
Os deputados social-democratas recordam que o mamógrafo da Unidade de Chaves do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E.P.E. (CHTMAD) avariou em fevereiro de 2018 e, desde essa altura, as utentes da região não conseguem este exame tão determinante no diagnóstico precoce do cancro da mama. “Até à data nem houve modernização nem melhoria dos cuidados prestados, pois não houve aquisição de novo mamógrafo e foi perdida mais uma valência nesta Unidade. Deste modo, a proximidade e humanização dos serviços encontra-se cada vez mais distante das localidades de baixa densidade territorial e, mais uma vez, aumentam-se as desigualdades de acesso ao Serviço Nacional de Saúde”, denunciam os deputados.

Para o PSD, as mulheres dos concelhos de Chaves, Montalegre, Boticas, Valpaços e algumas localidades do concelho de Vila Pouca de Aguiar e Ribeira de Pena que integram a área de abrangência desta Unidade são, por isso, obrigadas a deslocarem-se até à unidade de Vila Real do CHTMAD para realizar este exame.

As perguntas dos deputados do PSD:

Está concluída a avaliação económica para a aquisição de novo mamógrafo?
Prevê-se a aquisição de novo mamógrafo ou irá manter-se esta situação?
É esta a política de desinvestimento que pretendem manter na Unidade de Chaves?
Dado que para se realizar mamografias os doentes da área de abrangência da Unidade de Chaves tem de se deslocar até Vila Real, gostaríamos de saber os custos associados aos transportes dos doentes desde fevereiro de 2018 até à data?

19-12-2019 Partilhar Recomendar
19-02-2020
“Os portugueses têm assistido a uma crescente e evidente deterioração das condições de acesso ao SNS”
    Sandra Pereira refere que essa deterioração é particularmente visível nas cirurgias, consultas hospitalares de especialidade e nos exames complementares de diagnóstico e terapêutica.
12-02-2020
Inoperacionalidade dos helicópteros do INEM compromete meios de socorro às populações
    Os deputados do PSD estão preocupados com uma série de falhas detetadas no sistema de emergência médica helitransportada do INEM.
12-02-2020
É inadmissível que existam hospitais do SNS que não adquiram os medicamentos que os seus doentes precisam
    Álvaro Almeida fala numa “falta de financiamento” que resulta em problemas no acesso aos cuidados de saúde.
06-02-2020
Deputados do PSD reclamam nomeação de diretor clínico para o Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga
    António Topa, Helga Correia e Carla Madureira e questionaram a Ministra da Saúde.
05-02-2020
Receitas da venda de barragens devem ficar em Bragança e Vila Real, defende o PSD
    Os sociais-democratas eleitos por Bragança e Vila Real apresentaram uma Projeto de Resolução nesse sentido.
05-02-2020
PS votou contra a criação de camas de cuidados continuados
    Álvaro Almeida criticou a irresponsabilidade dos socialistas.
04-02-2020
Álvaro Almeida: propostas do PSD garantem um acesso mais atempado e equitativo dos portugueses aos serviços de saúde
    O deputado considera que o problema da falta de acesso dos utentes aos serviços do SNS é a marca da governação falhada do PS na área da saúde.
03-02-2020
PSD defende uma redução de 15% dos custos com médicos tarefeiros
    Rui Cristina recordou que a própria Ministra da Saúde descreveu esta situação como “um cancro que está a percorrer o SNS”.
10-01-2020
650 mil portugueses sem médico de família comprovam o falhanço da governação socialista
    Referindo-se às promessas do governo, Rui Cristina lembrou igualmente o novo hospital do Algarve que continua sem sair do papel.
10-01-2020
Governo infligiu uma degradação sem precedentes ao SNS
    Alberto Machado denunciou as consequências das cativações no setor da saúde.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas