Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Este governo é o campeão da destruição dos serviços públicos”
Clara Marques Mendes afirmou que “o Governo fala dos pobres, mas desfavorece-os; prega a solidariedade, mas não a pratica”.
“As greves dos médicos e enfermeiros que hoje têm lugar em Portugal são um dos exemplos mais marcantes do estado em que estão hoje os serviços de saúde em Portugal. Há greve dos médicos e enfermeiros porque o Serviço Nacional de Saúde (SNS) está num caos. E o SNS está num caos porque o Governo o deixou degradar a um ritmo nunca antes visto no nosso país. Pela mão de um Governo de esquerda, com o apoio das várias esquerdas, o SNS atingiu o ponto mais baixo de sempre. A conclusão é só uma: por ação e por omissão, este Governo é uma espécie de «coveiro» do SNS”. Foram estas as palavras iniciais de Clara Marques Mendes, esta terça-feira, numa declaração política em nome do PSD.
De seguida, a parlamentar referiu que esta “desqualificação” é extensível a mais serviços públicos em Portugal. “Um pouco por todo o lado, o que se vê é degradação e maus serviços prestados à população: as filas de espera para o cartão do cidadão proliferam a um ritmo impressionante, os serviços de transportes rompem pelas costuras, os comboios são poucos e de má qualidade”.
Perante tal cenário, Clara Marques Mendes foi perentória a afirmar que “o governo é o campeão da destruição dos serviços públicos. E não tem desculpa nem perdão um Governo que governou com condições económicas excecionais e mesmo assim deixou chegar os serviços públicos a este estado absolutamente lastimável. Os portugueses, em especial os mais vulneráveis, pagam a fatura de uma governação que é o exemplo mais acabado de publicidade enganosa: dizem que acabaram com a austeridade quando ela infelizmente está à vista de todos em qualquer serviço público em Portugal. Este é o cúmulo da falta de palavra e da ausência de vergonha”.
De seguida, a parlamentar focou-se na atuação do Ministro do Trabalho e da Segurança Social, o governante que não teve a capacidade de resolver o problema sério e inadmissível dos atrasos na atribuição das pensões de reforma em Portugal. “Esta é uma nódoa muito negra no curriculum deste Ministro e no balanço deste Governo. O Ministro Vieira da Silva, que tem anos e anos de governação neste sector, devia ser o primeiro a ter um mínimo de sensibilidade para perceber o problema e uma pequena réstia de capacidade para o saber resolver. É assim o Governo. É assim na concessão de pensões, como é assim também no comportamento injusto que tem com as Misericórdias e demais instituições de solidariedade social. Também aqui, na economia social, o Governo é injusto e falta à palavra”.
A terminar, Clara Marques Mendes sintetizou os 4 anos de uma governação que, apesar de condições económicas excecionais, desperdiçou uma grande oportunidade: “o Governo fala dos pobres, mas desfavorece-os; o Governo prega a solidariedade, mas não a pratica”.

02-07-2019 Partilhar Recomendar
10-01-2020
650 mil portugueses sem médico de família comprovam o falhanço da governação socialista
    Referindo-se às promessas do governo, Rui Cristina lembrou igualmente o novo hospital do Algarve que continua sem sair do papel.
10-01-2020
Governo infligiu uma degradação sem precedentes ao SNS
    Alberto Machado denunciou as consequências das cativações no setor da saúde.
10-01-2020
Ricardo Baptista Leite: “este é um Orçamento que faz mal à saúde”
    O Vice-Presidente da bancada do PSD alerta que os portugueses assistirão, em 2020, à continuação da deterioração do Serviço Nacional de Saúde.
09-01-2020
Álvaro Almeida: a saúde não é uma prioridade deste Orçamento
    O deputado considera que “o SNS está pior hoje do que estava quando o anterior governo socialista tomou posse”.
20-12-2019
PSD defende a existência de uma rede de cuidados de hemodiálise adequada às necessidades das populações
    Hugo Oliveira fala numa rede de proximidade e com cobertura geográfica alargada.
20-12-2019
Sandra Pereira: “o PSD sempre reconheceu a relevância das terapêuticas não convencionais”
    A deputada lamentou que a governação socialista pouco ou nada faça para responder aos legítimos anseios desses profissionais.
19-12-2019
“O PSD tem no topo das suas prioridades o combate à precariedade laboral”
    Em sentido contrário, Carla Barros acusou o PS de ter aumentado em 7,3% a precariedade na administração pública.
19-12-2019
PSD questiona ministra da Saúde por falta de mamógrafo no Hospital de Chaves
    Os parlamentares consideram que a proximidade e humanização dos serviços encontra-se cada vez mais distante das localidades de baixa densidade territorial.
18-12-2019
“A concertação social é um instrumento fundamental para garantir a paz e a coesão social”
    Lina Lopes considera essencial o estímulo ao diálogo na concertação social.
12-12-2019
Milhares de idosos do distrito de Santarém sem vacina contra a gripe
    PSD exige explicações e a resolução imediata do problema.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas