Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“O governo falhou redondamente na gestão do SNS e são os portugueses que pagam a fatura”
Ricardo Baptista Leite afirmou que a crise grave que está instalada no SNS “veio pela mão do PS”.
O PSD agendou para esta quinta-feira uma interpelação ao governo sobre a “situação da Saúde em Portugal”, com o intuito de fazer um balanço da governação do PS no setor da saúde. Em nome do PSD, Ricardo Baptista Leite começou por referir que “a crise grave do Serviço Nacional da Saúde está instalada e veio pela mão do PS. A saúde nunca foi uma prioridade para este Primeiro-Ministro nem para este Governo. E não tendo sido prioridade, o Governo falhou redondamente na gestão do SNS e são os Portugueses que pagam a fatura. Pagam sob a forma de doença. Ao longo destes 4 anos, com o PS, houve uma degradação do acesso dos utentes aos serviços de saúde, ficando os doentes cada vez mais reféns de listas de espera clinicamente inadmissíveis, sejam para consultas, cirurgias ou exames”.
De acordo com o deputado, ao longo destes 4 anos, com o PS, houve uma degradação das condições de trabalho dos profissionais do SNS, desde os médicos aos enfermeiros, dos farmacêuticos aos demais profissionais. Desmotivados, esgotados e no limite da sua capacidade de trabalho, estes profissionais são ainda tratados com repetidos atos de desrespeito pela tutela que claramente não valoriza a dedicação e o papel preponderante que estes profissionais têm como garante da qualidade do SNS. “Mais recentemente, com esta Ministra da Saúde, vemos mesmo que quando uma classe profissional faz ouvir a sua voz, contrariando a propaganda do Governo, a atuação é sempre a mesma. Descredibilizam quem critica e silenciam os seus críticos. Já se sabe: quem se mete com o PS, leva”.
Para comprovar a degradação do SNS, o coordenador do PSD na Comissão de Saúde recordou o processo da ala pediátrica do Hospital de São João. “Crianças com cancro a serem tratadas em condições “miseráveis” e com promessas reiteradas de resolução rápida. Acabaram com a solução prevista prometendo mundos e fundos. Mas, como sempre, nada aconteceu. Uma vergonha para o SNS e para o país. A Senhora Ministra da saúde assinou em 2017 um documento no qual se comprometia a ter a ala pediátrica a funcionar em 2019. Chegamos ao ano de 2019 e percebemos que o Governo nem projeto tinha preparado para a obra. Assinou sem ler. No fundo, o Governo prometeu sabendo que não iria cumprir. Engaram deliberadamente os Portugueses. Engaram acima de tudo as crianças e as suas famílias”. Dirigindo-se à Ministra da Saúde, o parlamentar lançou o apelo: “tire as crianças dos contentores já”.
No que respeita à tentativa do governo de desviar as atenções, com a apresentação de uma Lei de Bases da Saúde, Ricardo Baptista Leite considerou que a proposta é “redutora e ideologicamente enviesada”. “Apesar de tudo isto, o PSD, como partido responsável e com uma visão clara para o setor da saúde em Portugal, apresentou uma proposta para uma nova lei. Uma proposta que incorpora a mais robusta evidência científica, as tendências e melhores práticas internacionais, assim como os desafios contemporâneos como a saúde mental e o envelhecimento. Acima de tudo, o PSD apresentou uma proposta que representa uma visão de futuro para o Serviço Nacional de Saúde”.
Dirigindo-se à Ministra, o parlamentar enfatizou que “o PSD tem no Parlamento uma proposta moderada, equilibrada e inclusiva. Nós PSD, colocamos sempre o interesse do país acima das conveniências partidárias ou de momento. Por isso, o PSD está disponível para incorporar eventuais sugestões do PS na proposta que apresentamos, desde que essas sugestões contribuam para uma melhoria efetiva da saúde dos Portugueses. O desafio está lançado ao PS. Está agora nas mãos do PS contribuir para que o país possa vir a ter uma nova Lei de Bases da Saúde que coloque as pessoas no centro do sistema”, concluiu o parlamentar.
30-05-2019 Partilhar Recomendar
12-12-2019
Milhares de idosos do distrito de Santarém sem vacina contra a gripe
    PSD exige explicações e a resolução imediata do problema.
11-12-2019
PSD exige que o governo apresente um plano de ação que salvaguarde a sustentabilidade da ADSE
    Duarte Pacheco sublinha que se nada for feito a ADSE entrará em défice em 2020.
29-11-2019
Saúde: “os açorianos estão a ser considerados portugueses de segunda”
    António Ventura quer o governo a ajudar os Açores, uma vez que o Governo Regional não consegue resolver os problemas.
29-11-2019
“Em 2018 o SNS teve o pior resultado de sempre”
    Cristóvão Norte afirma ser "uma dor de alma" constatar a degradação do Serviço Nacional de Saúde.
29-11-2019
“Novo Hospital da Madeira: será que é neste Orçamento?”
    Sara Madruga da Costa afirmou esperar que no próximo Orçamento os 50% prometidos pelo Governo estejam devidamente clarificados para que a Madeira possa avançar com o novo Hospital.
29-11-2019
“A construção de um Hospital Central no Algarve tem vindo a ser sucessivamente adiada”
    Rui Cristina acusa os governos socialistas de “faltarem à verdade e ao respeito à população do Algarve”.
29-11-2019
“As famílias da margem sul ficaram privadas de cuidados pediátricos noturnos por causa deste governo”
    Sandra Pereira considera inaceitável o encerramento da urgência Pediátrica do Hospital Garcia de Orta.
28-11-2019
“Não é a Ministra da Saúde que gere o SNS, é o Ministro das Finanças”
    Depois de 4 orçamentos do Estado socialistas que degradaram o SNS, Álvaro Almeida desafiou o Governo a apresentar um orçamento que contribua efetivamente para um melhor SNS.
28-11-2019
António Maló de Abreu confrontou a Ministra da Saúde com o estado dos serviços de saúde em Coimbra
    O social-democrata disse à governante que não se pode “ignorar o que se passa em Coimbra”.
28-11-2019
Bruno Coimbra alerta para o estado “absolutamente caótico” do SNS no distrito de Aveiro
    O social-democrata denunciou a falta de pessoal médico, técnico e administrativo em todo o distrito.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas