Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Pedro Roque alerta para efeitos negativos para a instituição militar resultantes de um sistema de avaliação desadequado
O alerta foi deixado no debate de uma Petição da Associação Nacional de Sargentos.
O Parlamento apreciou, esta quarta-feira, uma Petição, da iniciativa da Associação Nacional de Sargentos, que tem por objeto a suspensão da eficácia da Portaria 301/2016, de 30 de novembro, que regula a Avaliação de Mérito dos Militares das Forças Armadas.
Em nome do PSD, Pedro Roque começou por saudar os peticionários e por referir que, segundo os mesmos, este regulamento “desestabiliza o espírito de corpo e coloca em causa a coesão e disciplina das Forças Armadas, concorrendo para a descaraterização da condição militar”.
Já no que respeita às iniciativas de PCP e do BE, que pretendem suspender a eficácia do Regulamento de Avaliação e Mérito dos Militares das Forças Armadas e que se promova a audição das associações representativas dos militares no sentido de esclarecer as dúvidas existentes e abordar as questões mais sensíveis, o deputado alertou que há limitações à intervenção da Assembleia da República nesta matéria. “De facto, a Assembleia não tem competência para fazer suspender a eficácia de uma Portaria, embora possa recomendar ao Governo que o faça. Sem embargo, esta é, ainda assim, uma matéria relevante a discutir: quais os potenciais efeitos negativos, para a instituição militar, que podem resultar de um sistema de avaliação eventualmente desadequado?”
De seguida, Pedro Roque sublinhou que para o PSD o princípio geral da promoção deverá ser o tempo de serviço, mas, por vezes, existem situações em que poderão surgir claras distinções entre os desempenhos dos militares, e que tal, pode e deve traduzir-se numa distinção entre eles visando escolher os militares considerados mais competentes e com maior aptidão. “De qualquer modo, sempre nos parece de bom tom que na elaboração de um diploma, como é o caso desta Portaria e que envolve as condições de trabalho, as associações que representam os profissionais sejam também chamadas a pronunciar-se sobre o mesmo”, rematou.

11-04-2019 Partilhar Recomendar
12-12-2019
“A consagração de um Estatuto dos Antigos Combatentes é um dever que não pode mais ser adiado”
    Ana Miguel Santos manifestou o empenho do PSD para que seja possível encontrar um Estatuto o mais consensual possível.
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
14-11-2019
Rui Silva: Governo não pode continuar a adiar a resolução dos inúmeros problemas que grassam no setor social das Forças Armadas
    O deputado considera ainda ser urgente implementar políticas que levem os nossos jovens a ingressar na carreira militar.
03-07-2019
Tancos: PS procurou branquear o desempenho do ex-Ministro da Defesa Nacional e do Primeiro-Ministro
    Berta Cabral refere que o relatório traduz “uma visão incompleta e parcial” do que se passou durante os trabalhos da Comissão de Inquérito.
02-07-2019
“A prioridade política do mundo ocidental deve apontar para a não proliferação das armas nucleares”
    José Cesário enfatiza que este é o tempo para uma “diplomacia ativa, sensata e realista”.
07-06-2019
Criação do estatuto do antigo combatente “é um verdadeiro dever da Pátria”
    Luís Pedro Pimentel enfatizou que este reconhecimento “deve ser inequívoco e abrangente”.
09-05-2019
Lei de Infraestruturas Militares não prevê mecanismos de transparência
    Pedro Roque deixou algumas críticas à proposta do governo e frisou que o PSD pretende contribuir para que o resultado final seja “mais consentâneo com a real necessidade das missões e do desempenho dos militares”.
09-05-2019
Defesa: cativações de Centeno afetam cumprimento da Lei de Infraestruturas Militares
    O alerta foi deixado por Rui Silva.
20-03-2019
Rui Silva: preservação da soberania nacional é intocável
    O deputado alertou ainda para o efeito das cativações no setor da Defesa.
13-03-2019
Com a privatização dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo a Empordef passou a dar lucro
    Leonel Costa recordou que as receitas da Empordef eram canalizadas para tapar os prejuízos dos Estaleiros.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas