Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Portugal tem uma das mais baixas taxas de alojamento estudantil da Europa”
Manuela Tender entende que “proporcionar alojamento a custo acessível aos estudantes deslocados é um fator decisivo para promover a igualdade de acesso e para esbater as desigualdades sociais e económicas”.
Manuela Tender considera que a escassez da oferta de alojamento para estudantes do Ensino Superior deslocados a preços acessíveis não pode dissociar-se da criação de condições de igualdade de oportunidades de acesso e conclusão dos graus mais elevados de ensino e do combate ao abandono, que deve mobilizar o país. No debate sobre o Ensino Superior, a parlamentar lembrou que “Portugal tem uma das mais baixas taxas de alojamento estudantil da Europa: dos cerca de 120 mil alunos deslocados, a cobertura nacional abrange apenas 12 a 13% deste universo. Em Lisboa a oferta de camas em residências universitárias não ultrapassa os 9,5% e no Porto não chega aos 15%, o que representa um enorme esforço para as famílias, sujeitando muitas vezes os alunos a condições de alojamento pouco dignas. Proporcionar alojamento a custo acessível aos estudantes deslocados é um fator decisivo para promover a igualdade de acesso e esbater as desigualdades sociais e económicas.”
Perante esta realidade, a deputada lamenta que o governo continue a demonstrar uma total incapacidade de ação. “No decurso já do último ano de mandato, o governo apenas fez o diagnóstico da situação. Elaborou um plano apresentado em maio 2018 que foi um fracasso: não conseguiu a adesão dos municípios nem das instituições de Ensino Superior. Em finais de 2018 apresentou um plano a 10 anos que prevê duplicar a oferta de residências.”
A propósito desta questão, Manuela Tender afirmou que “o PSD defende uma solução mais célere, eficaz e flexível permitindo às Instituições do Ensino Superior contratualizar numa 1.ª fase serviços de alojamento estudantis, assegurando anualmente, através do Orçamento do Estado, as verbas necessárias para a adaptação de imóveis, pagamento de rendas, construção e manutenção de residências. O atual Governo deixou promessas e intenções, que não convencem nem os partidos que lhe dão apoio parlamentar, nem os portugueses. O PSD tem apresentado propostas chumbadas pela atual maioria de esquerda que tem sido incapaz e incompetente, nesta como noutras matérias, deixando os alunos à mercê da especulação imobiliária e as famílias entregues à sua condição.”
15-02-2019 Partilhar Recomendar
12-12-2019
PSD pede explicações sobre atrasos na atribuição de vistos a estudantes internacionais
    Os sociais-democratas querem explicações do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
21-11-2019
Portugal tem que assumir como uma grande prioridade a aposta no desenvolvimento tecnológico e digital
    Afonso Oliveira entende que “temos que ter a ambição de lutar para que Portugal seja reconhecido como um dos principais motores de desenvolvimento de tecnologias digitais da Europa”.
21-11-2019
Governo esteve “offline” do debate sobre a Transição Digital
    Hugo Carvalho lamentou a ausência do executivo no debate.
21-11-2019
Isabel Lopes defende que a transformação digital pode reduzir as assimetrias do território
    A deputada considera que esta “é uma oportunidade que tem de ser aproveitada para servir o País e as suas populações”.
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
14-11-2019
Isabel Lopes: “as instituições do Ensino Superior deparam-se com grandes dificuldades para cumprir as suas obrigações”
    A deputada lembrou que o PSD defende que o próximo Orçamento do Estado deve contemplar um reforço de verbas para o Ensino Superior.
07-11-2019
PSD assume a presidência de cinco comissões parlamentares permanentes
    Luís Marques Guedes, António Topa, Firmino Marques, Pedro Roque e Fernando Ruas são os nomes indicados pelos sociais-democratas.
03-07-2019
Duarte Marques: “não tem existido transparência na política da Ciência”
    A crítica do social-democrata foi deixada no debate da iniciativa que visa criar um sistema de recolha, registo e análise de dados sobre a ciência e tecnologia.
28-06-2019
Ciência e Inovação: “é lamentável ver tanta oportunidade perdida”
    Margarida Mano lembra que até o próprio Ministro assinou um manifesto contra a sua política.
28-06-2019
Foram 4 anos desastrosos para os investimentos em infraestruturas científicas e tecnológicas
    António Costa Silva fala em “incompetência” de um governo que tinha acesso a fundos comunitários no Portugal 2020 que financiam a 85% estes investimentos.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas