Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Regulação dos Drones: “3 anos para isto?”
Joel Sá referiu que a proposta apresentada pelo governo foi considerada uma “aberração jurídica”.
O Parlamento debateu, esta quinta-feira, uma iniciativa que visa regular a operação e fiscalização de sistemas de aeronaves não tripuladas no espaço aéreo nacional, vulgarmente designado por Drones. Em nome do PSD, Joel Sá frisou que é inevitável a aplicação de Drones em praticamente todas as áreas da sociedade e da economia. “Uma tecnologia que irá potenciar novas profissões e estar ao serviço de áreas como a segurança, vigilância estratégia, agricultura, proteção civil, proteção marítima, combate a incêndios, entre muitas outras e não apenas na vertente lúdica”.
Focando-se na iniciativa, o parlamentar recordou que esta proposta de lei é alvo de muitas críticas e até é considerada uma perfeita “aberração jurídica”, que vai criar sérios problemas ao Estado Português dado o impacto negativo. Para o social-democrata, “os problemas de segurança não se resolvem com excesso de regulamentação, mas sim com a implementação de dispositivos tecnológicos capazes de impedir o sobrevoo de Drones em determinadas áreas. Com a aprovação desta proposta, vai deixar o Aeroporto de Lisboa sem áreas de proteção contra os Drones.
Face a estes e outros problemas da Lei, Joel Sá afirmou que “afigura-se precoce aprovar uma proposta de lei desalinhada com a futura e próxima regulamentação europeia, restritiva e desproporcional, sustentada em pretensas preocupações ou ameaças de natureza securitária, sendo que a curto prazo a mesma deixará de ser aplicável em face do princípio do primado do direito da União Europeia. É caso para perguntar, senhor Ministro: 3 anos para isto?”

15-02-2019 Partilhar Recomendar
04-04-2019
“O Governo não consegue nomear pessoas qualificadas sem serem familiares?”
    Fernando Negrão entende que o “Governo está a funcionar em circuito fechado”.
19-03-2019
Passe Único: “medida eleitoral como nunca se viu”
    Fernando Negrão acusou o governo de apresentar a redução dos preços dos passes apenas para Lisboa e Porto e de não aumentar o número de transportes.
13-03-2019
PIN Pedras Salgadas: “parece-nos difícil haver projetos desta importância que sejam construídos contra as populações”
    Paulo Rios de Oliveira considera que estamos perante um difícil divórcio quando a população deixa de falar no “seu local” e passa a falar no “local deles”.
30-10-2018
Há um ano que existe queda da atividade económica
    No entender de Paulo Rios de Oliveira, são necessárias reformas que melhorem a competitividade das empresas e a estabilidade fiscal.
10-10-2018
Tancos: “senhor Primeiro-Ministro, não acha que já fomos longe demais?”
    Fernando Negrão considera que este caso exigia intervenção imediata da hierarquia militar e da tutela política.
28-09-2018
Atividade seguradora e resseguradora: “vender gato por lebre passará a ser mais difícil”
    Carlos Silva declarou o apoio do PSD à implementação da diretiva europeia, mas lamentou a demora do executivo na transposição.
28-09-2018
PSD contesta a forma como o governo tratou o processo de alteração ao Código da Propriedade Industrial
    Paulo Rios de Oliveira referiu que esta alteração tem um enorme impacto económico e social e que, por isso, não pode ser feita “às três pancadas”.
20-09-2018
Plano Nacional de Investimento: Emídio Guerreiro assinala a “hipocrisia dos socialistas”
    O deputado acusou o governo de procurar disfarçar o insucesso do executivo no que toca ao investimento público.
19-09-2018
O governo tem sacrificado o investimento público para cumprir as metas do déficit
    Virgílio Macedo enfatizou que todos os partidos que apoiam parlamentarmente este governo são cúmplices deste desinvestimento.
19-09-2018
Carlos Silva: os portugueses estão fartos da propaganda do governo
    O social-democrata considera que o executivo vai ficar conhecido “como o governo do agora é que é”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas