Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Governo não se preocupou em avaliar as implicações do Brexit para a economia portuguesa
Carlos Gonçalves criticou a postura do executivo e pediu uma especial atenção aos portugueses residentes no Reino Unido.
Carlos Gonçalves considera que o Brexit é um dos maiores desafios que a União Europeia enfrenta e que todo o processo em torno da negociação do Acordo de Saída do Reino Unido não permitiu evitar um ambiente de grande incerteza quanto ao futuro da Europa perante a saída de um dos seus mais importantes membros. No debate preparatório do Conselho Europeu, o social-democrata adiantou que os últimos acontecimentos adensam ainda mais esta incerteza quanto ao futuro, acrescentando que “era bom saber como o governo português encara a intenção britânica de rever o Acordo alcançado no passado mês de novembro e como encara a evolução deste processo”.
Com ou sem Acordo, refere o deputado, “parece ser evidente que serão inevitáveis consequências sociais e económicas para o espaço europeu e também para Portugal e para os seus cidadãos e as suas empresas. Apesar do Grupo Parlamentar do PSD, já em maio de 2017, ter recomendado ao Governo a realização de um estudo sobre as implicações do Brexit para a economia portuguesa, tivemos que esperar, infelizmente, por um estudo, mas este realizado pela Confederação Empresarial de Portugal, para termos alguns cenários das repercussões da saída do Reino Unido da União Europeia para o nosso país. Era, pois muito importante, que o país se tivesse preparado para as consequências do Brexit, em áreas fundamentais para a nossa economia tomando as necessárias medidas à imagem de outros países que o fizeram”.
A concluir, Carlos Gonçalves renovou junto do Primeiro-Ministro a preocupação do PSD com o problema crónico de atendimento que conhece a nossa rede consular no Reino Unido e que provoca atrasos de vários meses para a emissão dos documentos necessários para efetuar o registo no Home Office. “Vivemos uma situação excecional que deveria ter merecido uma resposta também ela excecional. Os portugueses residentes no Reino Unido merecem esse esforço por parte do Governo de Portugal”, rematou.
11-12-2018 Partilhar Recomendar
05-02-2010
Estratégia para Ano Internacional na China está ainda por definir
    José Cesário questiona a inexistência de planos para esta iniciativa, a menos de 11 meses do seu início
05-02-2010
José Cesário interroga inexistência de campanhas de promoção do Turismo de Portugal na China
    Deputado levanta dúvidas sobre a estratégia de promoção de Portugal nos mercados externos
Início Anterior
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas