Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Estado deve devolver com juros as verbas cobradas indevidamente
Teresa Leal Coelho apresentou a proposta do PSD para corrigir a injustiça entre as obrigações dos contribuintes e as obrigações do Estado.
Teresa Leal Coelho apresentou, esta sexta-feira, o Projeto de Lei do PSD que visa reconhecer que são devidos juros indemnizatórios quando o pagamento indevido de prestações tributárias se tenha fundado em normas inconstitucionais ou ilegais. De acordo com a deputada, a iniciativa visa corrigir uma interpretação da Lei Geral Tributária no que diz respeito à responsabilidade que é do Estado e a responsabilidade que é dos contribuintes. “Nos termos da Lei Geral Tributária, se um contribuinte se atrasar na liquidação do imposto serão devidos juros indemnizatório ao Estado, o cidadão é responsabilizado por qualquer atraso. No entanto, se for o Estado a interpretação feita é que a devolução de verbas cobradas indevidamente não seria acompanhada de juros indemnizatórios”.
Sublinhando a injustiça desta situação, a deputada referiu que esta desigualdade verificou-se na sequência da declaração de inconstitucionalidade da Taxa de Proteção Civil cobrada por alguns municípios. Nessa altura, recorda, o PSD logo invocou a inconstitucionalidade, tendo visto mais tarde o Tribunal Constitucional a dar-lhe razão. Assim, afirma Teresa Leal Coelho, a Câmara Municipal de Lisboa devia ter devolvido aos lisboetas os 58 milhões de euros cobrados indevidamente acompanhado pelos juros indemnizatórios.
A terminar, a social-democrata frisou que o PSD quer corrigir esta injustiça e desequilíbrio entre as obrigações dos contribuintes e as obrigações dos municípios.

26-10-2018 Partilhar Recomendar
19-06-2019
Virgílio Macedo acusa a Autoridade Tributária de ter realizado um “arrastão fiscal”
    O deputado considera que a ações de cobrança de impostos na estrada “só aprofunda o sentimento de perseguição tributária dos contribuintes".
19-06-2019
PSD critica desproporção da atuação do Estado em relação à cobrança de dívidas
    Inês Domingos recordou ao mesmo tempo que se faziam ações de cobrança de impostos na estrada, o PS votava contra a divulgação da lista dos grandes devedores à banca.
19-06-2019
Relação criada entre o governo e os contribuintes é marcada pela deslealdade
    Cristóvão Norte fala num executivo que “esconde, dissimula e anestesia os portugueses”.
12-06-2019
“É caótica e intolerável a excessiva demora deste governo na atribuição das pensões por reforma”
    Leonel Costa alertou para as graves consequências destes atrasos.
12-06-2019
“Em 2017 foi escrita uma das páginas mais negras da história recente de Portugal”
    No debate da Conta Geral do Estado de 2017, Cristóvão Crespo afirmou que “a política de cativações traduziu-se na ausência do Estado”.
07-06-2019
Governo “quer criar um pântano na supervisão”
    Inês Domingos acusou o executivo de “atacar de forma inusitada a independência dos reguladores do setor financeiro”.
07-06-2019
Com Sócrates procuraram controlar “o sistema financeiro”, com Costa querem “o assalto completo às entidades independentes”
    Duarte Pacheco considera que o objetivo da alteração à Lei que regula o sistema de Supervisão Financeira é colocar em causa a independência dos reguladores.
09-05-2019
“Portugal tem hoje a maior carga fiscal de sempre, mas também a despesa fiscal nos máximos de sempre”
    Leonel Costa alerta que com a geringonça o montante de benefícios e isenções fiscais atingiu os 12 mil milhões de euros.
24-04-2019
Maria Luís Albuquerque alerta contra “filmes” do PS que acabam em pântano ou bancarrota
    A deputada alertou que o país já viu “filmes de produção socialista” que acabaram em pântano ou em bancarrota, criticando o caminho económico seguido pelo atual governo.
24-04-2019
PSD rejeita o fardo que o governo nos lega de estarmos a caminhar para a cauda da Europa
    Emídio Guerreiro recorda que BE, PCP e PEV são cúmplices dos “orçamentos de mentira”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas