Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Carlos Silva alerta para o retrocesso na mobilidade dos cidadãos da margem sul com o fim da concessão da Fertagus
O deputado reafirmou a rejeição do PSD a uma proposta “cega, partidária e sindicalista” dos comunistas.
No debate o Projeto de Resolução do PCP que defende o fim da concessão da Fertagus e a integração do serviço ferroviário Lisboa/Setúbal na CP, Carlos Silva alertou para o retrocesso que esta medida pode representar para a mobilidade dos cidadãos da margem sul do Tejo.
De acordo com o deputado, a concessão Fertagus é caso único na Europa, pois é uma empresa que realiza um serviço público de transporte de passageiros de qualidade. “A empresa partilha com o Estado 50% do resultado líquido previsto no modelo financeiro, e se as receitas excederem este montante o Estado recebe 75% do respetivo excedente. Mas caso ocorram prejuízos, todo risco, inclusive o da procura, é da responsabilidade do concessionário, não existem encargos para o Estado. Com este modelo os contribuintes estão protegidos, custa zero ao contribuinte, o que não se passa com todos os restantes serviços públicos de transportes”.
De seguida, o social-democrata lembrou aos comunistas que esta concessão dá lucros desde 2005, pois é uma empresa bem gerida, com obrigações de serviço público e oferece confiança e qualidade aos utentes a preços justos, o que faz aumentar a procura pelos seus serviços. “Não está sujeita a greves constantes, nem refém de alguns sindicatos, embora seja respeitadora dos direitos dos trabalhadores. Esta satisfação é verificada por inquéritos aos colaboradores e de resto foi considerada uma das melhores empresas para trabalhar em Portugal”.
Contudo, Carlos Silva reconheceu que há aspetos a melhorar, desde logo é importante que o governo aproveite a renegociação do contrato de serviço público para incluir os títulos de transporte desta linha no sistema de passe intermodal, algo muito reclamado pelos utentes. “Para nós PSD, a nossa opção não é se a gestão do serviço prestado, é publico, privado ou Municipal, a nossa preocupação é que o serviço público seja eficiente, sustentável e bem prestado. Para vós o que é público, tem de ser gerido pelo Estado, é a vossa opção cega, partidária e sindicalista. Não se preocupam se os serviços são bem ou mal geridos, não se preocupam se servem o interesse nacional e os portugueses. Para nós o que é importante é a qualidade de gestão. O que nos motiva é se os Portugueses chegam a horas ao trabalho, com qualidade, sem stress. Não é o que tem acontecido por estes dias com os serviços prestados pela CP, para onde os senhores de forma ideológica pretende encaminhar esta concessão”.

18-10-2018 Partilhar Recomendar
11-12-2019
PSD quer que o governo adote um programa de apoio à mobilidade de âmbito nacional
    Carlos Peixoto apresentou o Projeto que, entre outras medidas, recomenda a redução em 50% do preço das ex-SCUT’s.
04-12-2019
Os portugueses esperam em média 20 horas por mês pelos transportes públicos
    Carlos Silva fala em tempos de espera intermináveis, sobrelotação, filas gigantescas e transportes em condições precárias de higiene e conforto.
21-11-2019
Governo esteve “offline” do debate sobre a Transição Digital
    Hugo Carvalho lamentou a ausência do executivo no debate.
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
06-11-2019
“Governo socialista lança projetos que não saem do papel”
    Carlos Silva frisa que “para o PS o que importa é criar a ideia que mais dia menos dia as obras se vão efetuar”.
10-07-2019
Governo de António Costa é “inimigo do investimento público”
    Emídio Guerreiro disse ao Primeiro-Ministro que “o governo ficará para a história como o que menos investiu”.
05-07-2019
PSD defende a suspensão imediata da linha circular do metro de Lisboa
    De acordo com Carlos Silva, os sociais-democratas querem também que se proceda à realização de estudos técnicos e de viabilidade económica para a futura expansão da rede.
21-06-2019
Carlos Silva traça cenário caótico nos transportes públicos
    O social-democrata recorda que “nunca os utentes tiveram tantos horários suprimidos”.
06-06-2019
Fernando Negrão confronta António Costa com a situação de rutura nos transportes
    O líder parlamentar do PSD referiu-se ainda à distribuição de bónus pela TAP, ao mesmo tempo em que a empresa regista 100 milhões de euros de prejuízos.
05-06-2019
Passes sociais: uma boa medida, com um mau modelo
    António Costa Silva enfatizou que não é por se repetir muitas vezes a mentira de que o PSD é contra os passes sociais que essa mentira se torna verdade.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas