Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Brexit: governo assume a “postura da cigarra”
A crítica foi feita por Rubina Berardo, que desafiou ainda o Primeiro-Ministro a procurar junto dos parceiros europeus apoio para a comunidade portuguesa na Venezuela.
No debate sobre a Europa com o Primeiro-Ministro, Rubina Berardo confrontou António Costa com os temas que estão na agenda do próximo Conselho Europeu, concretamente o Brexit e as migrações. Sublinhando que espera que o Primeiro-Ministro leve a esta reunião propostas concretas que vão ao encontro do interesse nacional e europeu, a Vice-Presidente da bancada social-democrata frisou que o PSD “continua profundamente preocupado com estado de impreparação de Portugal a 6 meses do Brexit”.
No entender da deputada, “ao executivo cumpre agir” e preparar as empresas portuguesas e a comunidade portuguesa no Reino Unido para a eventualidade de um não acordo. Neste âmbito, a parlamentar recordou o trabalho que os outros países estão a fazer: “o governo Holandês contratou mil oficiais aduaneiros para os portos para fazer face ao cenário de não-acordo. O Primeiro-Ministro irlandês contratou 700 novos agendes aduaneiros, 300 novos funcionários para inspeções agrárias e pecuárias e mais investimento na estrutura física dos portos. O Primeiro-Ministro francês solicitou aos restantes membros do seu governo planos de contingência para um cenário de não-acordo. O Ministro das Finanças dinamarquês anunciou a criação de uma dotação extraordinária de 100 milhões de euros no orçamento para lidar com a ausência de acordo e o próprio Mistro britânico afirmou eu todos os governos têm de planear todas as contingências. Todos, menos Portugal, pois não vemos essas medidas a serem ativadas em Portugal”. Tendo em conta esta realidade, Rubina Berardo lamentou que “só em Portugal é que o governo assume uma personagem de cigarra neste contexto, sem planos de contingência efetivos no terreno e sem investimentos concretos”.
No que respeita às migrações, a vice da “bancada laranja” começou por declarar que a realidade geográfica de Portugal e o consenso político tem levado a que o debate sobre esta matéria não seja tão emotivo como em outros estados-membro.
Depois, a parlamentar questionou a António Costa se irá abordar o agudizar da crise socioeconómica na Venezuela junto dos seus pares europeus, uma vez que nos últimos 3 anos a Venezuela perdeu 1,6 milhões de habitantes, realidade que também afetou a comunidade portuguesa. “Tratam-se de refugiados de um sistema político e económico que não assegura a sua segurança pessoal e económica. Chegou a altura de a União Europeia agir com celeridade e eficácia para apoiar as comunidades portuguesas, italianas e espanholas que residem na Venezuela”, referiu a deputada.

11-10-2018 Partilhar Recomendar
18-06-2019
Europa: Rubina Berardo apela ao Primeiro-Ministro para colocar o “interesse nacional” à frente das “obsessões partidárias”
    A parlamentar entende que as negociações para o futuro da Comissão Europeia não podem ser só mais uma “guerra das cadeiras”.
29-05-2019
Negociações Europeias: “António Costa deve ter em primeira linha o interesse nacional”
    Rubina Berardo desafiou o Primeiro-Ministro a participar neste debate tendo em primeira linha o “interesse nacional” e não a família política a que pertence.
10-05-2019
Gestão do Fundo de Solidariedade tem sido incompetente, imoral e uma vergonha
    Duarte Marques considera “indigno” que o governo queira ficar com o dinheiro destinado aos municípios afetados pelos incêndios.
10-05-2019
Incêndios: “o governo aproveita-se da desgraça alheia para financiar serviços públicos”
    António Lima Costa afirma que o governo desviou verbas europeias destinadas às zonas afetadas para financiar organismos da administração central sediados em Lisboa.
10-05-2019
Linhas de crédito para a limpeza da floresta foram um “monumental falhanço”
    Segundo Jorge Paulo Oliveira o dinheiro apenas chegou a duas Câmaras Municipais.
10-05-2019
Fundo de Solidariedade Europeu: atitude do Governo foi “vergonhosa, egoísta e imoral”
    António Costa Silva revelou que “mais de metade do montante do Fundo de Solidariedade foi aplicado em despesas que deviam ser assumidas pelo Orçamento do Estado”.
26-04-2019
PSD questiona governo acerca da situação consular na cidade brasileira de Santos
    José Cesário, Carlos Páscoa e Carlos Gonçalves questionaram o Ministro dos Negócios Estrangeiros.
16-04-2019
Brexit: Projeto de Resolução do PS “é uma crítica clara ao Governo”
    Carlos Gonçalves considera que o PS não está confortável com o trabalho que o Governo desenvolveu nesta matéria.
27-03-2019
Brexit: governo português não atuou de forma atempada
    Carlos Gonçalves lembra que, entre outros aspetos, estão em causa cerca de 400 mil cidadãos portugueses que residem em território britânico.
27-03-2019
Ensino Superior: PSD quer que o governo crie um regime de incentivos para os estudantes lusodescendentes e portugueses emigrados
    José Cesário lamenta que das 3500 vagas, apenas 247 tenham sido ocupadas no último concurso.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas