Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Pessoas em situação de sem-abrigo: PSD defende a adoção de uma estratégia nacional
Ana Oliveira afirmou que os sociais-democratas defendem uma estratégia assente em objetivos e avaliações reais.
A Assembleia da República, apreciou, esta quarta-feira, uma Petição da iniciativa da Comunidade Vida e Paz, em que se solicita a adoção de uma estratégia nacional pela dignidade humana das pessoas em situação de sem-abrigo. Em nome do PSD, Ana Oliveira começou por sublinhar a importância desta instituição e das demais instituições e pessoas que, diariamente, lutam, de uma forma verdadeiramente altruísta para a erradicação deste problema na nossa sociedade. “Porque só conhecendo, da forma aprofundada, a realidade em que estas pessoas vivem é que se consegue uma intervenção realista e se consegue muitas vezes, pela dedicação destas equipas, devolver a dignidade a quem passa por estas situações. Por isso, em nome do PSD, muito obrigada pelo vosso trabalho”.
De igual forma, a parlamentar destacou o importância que o nosso Presidente da República tem tido nesta matéria, colocando, ao longo do seu mandato, esta questão na ordem do dia, através de diversas intervenções públicas, várias ações junto de pessoas em situação de sem-abrigo, reuniões e encontros com diversas instituições que se dedicam a esta causa, além de muitos apelos junto do governo, num importantíssimo contributo para a criação de uma nova estratégia nacional que dê resposta à integração das pessoas em situação de sem-abrigo até 2023. “O PSD, na voz no nosso presidente Rui Rio, também tem tido diversas intervenções nesta área, estando disponíveis para colaborar numa estratégia nacional de combate à pobreza, e sendo o problema da situação de pessoas sem-abrigo de difícil solução, reforçamos que é imperativa uma estratégia comum de atuação, ou seja, tem que existir um plano de grande proximidade entre os vários agentes no terreno e o Estado”.
Tendo em conta esta realidade, Ana Oliveira declarou que o PSD acompanha o objeto desta petição e reforça o facto de ser fundamental uma estratégia nacional, bem estruturada, com uma intervenção cada vez mais personalizada a adaptada às necessidades das pessoas em situação de sem abrigo que, no nosso entender, só será eficaz com uma relação concertada entre as diversas entidades que atuam no terreno e que conhecem as realidades existentes, as autarquias e o governo central. “Defendemos uma estratégia nacional que assente em objetivos e avaliações reais pela dignidade da nossa sociedade, pela dignidade humana”, rematou.

18-07-2018 Partilhar Recomendar
06-07-2018
Legislação laboral: finalmente o governo reconhece que muito do que se fez deu resultados e não deve ser demagogicamente revertido
    Clara Marques Mendes saudou ainda a mudança de posição dos socialistas em relação à importância da concertação social.
06-07-2018
Geringonça: “acabaram os tempos festivaleiros das reversões e agora é tempo dos encontrões”
    Adão Silva alertou ainda para a “traição” que o PS se prepara para fazer ao que foi acordado em concertação social.
28-06-2018
A reforma da segurança social é um dos principais e mais urgentes desafios que se colocam à sociedade portuguesa
    Feliciano Barreiras Duarte defendeu a adoção de políticas de longo prazo, assentes numa prévia e séria análise do sistema.
28-06-2018
É imperativo e necessário repensar as fontes de financiamento da Segurança Social
    Adão Silva considera que esta é uma matéria que exige mais do que “medidas de cosmética e de faz de conta”.
28-06-2018
Mercês Borges critica “complexo de esquerda do PCP”
    Na base da crítica da deputada a proposta dos comunistas que cria uma taxa de 10,5% sobre todos lucros que as empresas têm.
05-06-2018
PSD desafia governo para “largo consenso” em matéria de natalidade
    Fernando Negrão considerou este “o maior problema do país” e lamentou o “vazio completo” de ideias por parte do executivo.
18-05-2018
PCP e BE estão numa “disputa fratricida” pelo título de campeão do proletariado
    Pedro Roque recordou a estes partidos que “a economia é demasiado importante para experimentalismos ou voluntarismos”.
26-04-2018
“A cultura da prevenção é um fator determinante e decisivo para combater a sinistralidade laboral”
    Clara Marques Mendes considera que este é um objetivo que deve nortear todos os decisores.
11-04-2018
Governo e os partidos de esquerda estão em estado de gestão de eleições e de eleitorado
    Clara Marques Mendes apelou ao executivo e aos partidos que o suportam para que coloquem os interesses dos portugueses à frente dos seus interesses eleitorais.
11-04-2018
O PS não tem um propósito para o país e deixou-se levar pela esquerda-radical
    Carlos Barros considera que temos “um governo tóxico para o país”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas