Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Inês Domingos acusa o governo de não estar empenhado na reforma da união económica e monetária
A deputada considera que este é um tema fundamental para Portugal por causa da fragilidade que resulta de termos um sistema bancário ainda com muitas dificuldades.
“Para o PSD existem três prioridades na reforma da União Económica e Monetária: transformar o Mecanismo de Estabilidade Financeira num Fundo Monetário Europeu; um mecanismo de estabilização que não esteja ligado a regras tão estritas de condicionalidade e a retoma do projeto original da União Bancária que incluía um seguro de depósitos”. Foi com estas palavras que Inês Domingos iniciou a sua intervenção, esta quinta-feira, no debate sobre as prioridades da Presidência Austríaca do Conselho da União Europeia.
De seguida, a deputada lamentou que na Cimeira do Euro se tenha perdido a oportunidade de avançar de forma séria nas negociações, tendo-se adiado estas para uma altura já muito próxima das eleições europeias. “Infelizmente, não se tem visto por parte deste Governo empenho no sentido de pressionar os outros estados-membros a avançarem com a reforma da união económica e monetária. Este é para Portugal um tema fundamental por causa da fragilidade que resulta de termos um sistema bancário ainda com muitas dificuldades, contrariamente ao que o Governo gosta de apregoar, e que tem a 3ª dívida pública mais alta da União Europeia”.
No que respeita ao Sistema Europeu do seguro de depósitos, Inês Domingos referiu que o que resultou da cimeira do euro é para o PSD preocupante, “porque o roadmap para a união bancária de 2016 prevê que os governos e as instituições europeias tomem medidas para reduzir os riscos financeiros antes de iniciar as negociações sobre a partilha de riscos, nomeadamente o seguro europeu de depósitos. Só que o debate nem sequer começou e a cimeira que agora terminou e que deveria ter servido para chegar a alguma conclusão, nem sequer conseguiu concordar com nada”.
Enfatizando que a posição de Portugal neste tema tem de ser muito mais assertiva, Inês Domingos questionou à Secretária de Estado dos Assuntos Europeus o que é que o governo está a fazer para avançar com este tema que é crucial para Portugal.

12-07-2018 Partilhar Recomendar
11-10-2018
Brexit: governo assume a “postura da cigarra”
    A crítica foi feita por Rubina Berardo, que desafiou ainda o Primeiro-Ministro a procurar junto dos parceiros europeus apoio para a comunidade portuguesa na Venezuela.
10-10-2018
António Ventura acusa o governo de ignorar as Regiões Ultraperiféricas
    O social-democrata quer saber se este é um esquecimento propositado ou se resulta do desleixo do executivo.
12-07-2018
Nilza de Sena reeleita presidente da Comissão de Assuntos Económicos da OSCE
    A deputada do PSD foi ainda nomeada Vice-Presidente do PPE na OSCE.
12-07-2018
BREXIT: é fundamental que o governo português acompanhe as negociações de forma a salvaguardar os nossos interesses
    Carlos Gonçalves enfatiza que os cerca de 400 mil portugueses que ali residem devem merecer uma atenção especial do executivo.
20-06-2018
Fernando Negrão desafia António Costa a acabar com “o discurso amável e subordinado”
    Perante o anúncio de cortes nos fundos comunitários, o líder parlamentar do PSD exigiu uma posição firme por parte do governo português.
20-06-2018
“Reformas estruturais arrepiam o Primeiro-Ministro”
    Maria Luís Albuquerque enfatiza que o país precisa dessas reformas e que o governo tem obrigação de as levar a cabo.
20-06-2018
Rubina Berardo desafiou o Primeiro-Ministro a concertar esforços com os nossos parceiros europeus para evitar cortes na PAC
    A Vice-Presidente da bancada do PSD alertou para as consequências desses cortes.
18-05-2018
Duarte Marques: “Portugal é um dos países que mais tem a ganhar com a participação europeia”
    O deputado destacou as oportunidades que as verbas da coesão trazem ao país e defendeu que os territórios de baixa densidade devem ser valorizados na distribuição das verbas.
09-05-2018
Europa: PSD não aceita cortes na Política de Coesão e na Política Agrícola Comum
    Rubina Berardo frisou que os sociais-democratas tudo farão para defender os interesses de Portugal.
15-03-2018
Brexit: proteção dos direitos dos nossos cidadãos a residir no Reino Unido é uma prioridade para o PSD
    Carlos Gonçalves recordou ao Primeiro-Ministro que vivem 400 mil portugueses no Reino Unido.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas