Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Incêndios: PSD questiona o governo sobre reconstrução das casas destruídas
Os sociais-democratas querem saber qual o ponto de situação da reconstrução das casas de primeira habitação.
O Grupo Parlamentar do PSD questionou o Governo sobre a reconstrução das habitações e outras edificações atingidas pelos incêndios ocorridos há um ano no norte do distrito de Leiria e que provocaram 66 mortos.
Numa pergunta dirigida ao ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Fernando Negrão, Teresa Morais, Pedro Pimpão e Margarida Balseiro Lopes querem saber qual o ponto de situação da reconstrução das casas de primeira habitação em situação de completa destruição e das casas de primeira habitação que sofreram danos parciais. Já sobre as casas de habitação secundária, os parlamentares exigem resposta sobre o estado de reconstrução destas, incluindo as que ficaram destruídas total e parcialmente.
Na pergunta, os deputados querem ainda saber “o ponto de situação da reconstrução das instalações empresariais que sofreram destruição total ou danos parciais” e “dos anexos e armazéns ou outras instalações destinadas ao abrigo de animais, que ficaram total ou parcialmente destruídos”.
No documento, os deputados referem que na sequência destes incêndios, nos concelhos de Pedrógão Grande, Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, entre outros, remeteu, em 16 de novembro de 2017, um conjunto de questões ao Governo, designadamente ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, “solicitando informação rigorosa sobre a situação da reconstrução das habitações e outras edificações que foram atingidas de forma parcial ou total pelo fogo”.
Na resposta, em janeiro, o Governo, liderado pelo socialista António Costa, dava conta de que “as casas de primeira habitação completamente destruídas e exigindo uma reconstrução total eram 80”, enquanto “as casas de primeira habitação consideradas com destruição parcial ou pontual eram 173”.
“As instalações empresariais que sofreram destruição total ou danos parciais eram nove em Castanheira de Pera, 17 em Figueiró dos Vinhos e 29 em Pedrógão Grande”, lê-se no documento.
Ainda segundo o PSD, “relativamente às casas de primeira habitação que sofreram destruição total e que encontravam já reparadas”, o Governo informou em janeiro que estavam concluídas um total de nove, encontrando-se em execução 44 e em projeto duas.
“Quanto às casas de primeira habitação que sofreram destruição parcial e que se encontravam já reparadas, o ponto de situação enviado pelo Governo” apontava para um total de 161, havendo ainda 46 em execução, dez em contratação e duas em projeto.
Para o PSD, estes números “revelavam claramente o atraso registado no processo de reconstrução, principalmente nas casas de primeira habitação, as que mais necessárias são à normalização da vida das famílias afetadas”.
“Passado cerca de um ano sobre os incêndios e seis meses sobre este ponto de situação, impõe-se, portanto, solicitar ao Governo uma atualização sobre o processo de reconstrução das habitações e outras edificações que foram atingidas, para que se conheça a sua real evolução”, justifica o PSD na pergunta que dirigiu hoje ao ministro.
Em junho de 2017, os incêndios que deflagraram na zona de Pedrógão Grande provocaram 66 mortos: a contabilização oficial assinalou 64 vítimas mortais, mas houve ainda registo de uma mulher que morreu atropelada ao fugir das chamas e uma outra que estava internada desde então, em Coimbra, e que acabou também por morrer. Houve ainda mais de 250 feridos.

07-06-2018 Partilhar Recomendar
18-06-2019
Fernando Negrão acusa António Costa de “não ser um Primeiro-Ministro para o povo”
    O líder parlamentar do PSD destacou ainda a “falta de transparência” do governo no processo de reconstrução das casas atingidas pelos incêndios.
13-05-2019
Cativações e cortes no investimento. “Chama a isto boa gestão das contas públicas?”
    Fernando Negrão acusou António Costa de fazer um “brilharete nas contas” à custa de corte no investimento.
10-05-2019
Bancadas do PS, BE e PCP “são a lavandaria política do governo socialista”
    No debate sobre o Fundo de Solidariedade Europeu, Rubina Berardo acusou as bancadas da esquerda de branquearem a atuação do governo.
10-05-2019
Gestão do Fundo de Solidariedade tem sido incompetente, imoral e uma vergonha
    Duarte Marques considera “indigno” que o governo queira ficar com o dinheiro destinado aos municípios afetados pelos incêndios.
10-05-2019
Incêndios: “o governo aproveita-se da desgraça alheia para financiar serviços públicos”
    António Lima Costa afirma que o governo desviou verbas europeias destinadas às zonas afetadas para financiar organismos da administração central sediados em Lisboa.
04-04-2019
“O Governo não consegue nomear pessoas qualificadas sem serem familiares?”
    Fernando Negrão entende que o “Governo está a funcionar em circuito fechado”.
03-04-2019
Governo só veio criar confusão e propaganda no combate aos incêndios
    Duarte Marques alertou que todas as autoridades estão desiludidas com as alterações promovidas pelo executivo.
03-04-2019
Incêndios: Estado tem de dar o exemplo e limpar os terrenos
    Emília Cerqueira destacou ainda o trabalho das forças e serviços de segurança.
21-02-2019
Incêndios: Relatório do Observatório Técnico Independente “coloca a nu a falta de estratégia do governo para uma verdadeira política florestal”
    Luís Pedro Pimentel enumerou vários dos erros cometidos pelo executivo.
21-02-2019
Governo ainda não implementou políticas públicas integradas e estruturantes de combate aos Incêndios Rurais
    Emília Cerqueira considera que, depois de ter falhado em 2017, o executivo continua a falhar.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas