Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Governo esvazia os bolsos dos portugueses para encher os cofres do Estado
Emídio Guerreiro frisou que esta “austeridade encapotada” tem a conivência e o aval dos deputados do PCP, BE, PS e PEV.
Segundo Emídio Guerreiro, desde que o PSD agendou o debate sobre “políticas fiscais e de preços para os combustíveis”, assistimos a um regresso ao passado. “Nos últimos dias, o governo e os seus apoiantes procuraram confundir e iludir as pessoas sobre a responsabilidade do atual custo dos combustíveis. A propaganda voltou em força, quer nas redes sociais quer nos comentários”. De acordo com o Vice-Presidente da bancada do PSD, esta atitude não surpreende. “Foi assim que o PS atuou durante todo o período de Sócrates. Propaganda e mais propaganda. Ilusão atrás de ilusão, até baterem de frente com a realidade e, em maio de 2011, após conduzirem o país ao precipício, assinarem o memorando com os credores internacionais. Não me surpreendeu, pois são os mesmos. Os atuais governantes e atuais dirigentes já o eram nesse tempo. Todos beberam da cartilha de Sócrates e, pelos vistos, não aprenderam nada, sendo incapazes de mudar”.
Face a este histórico do PS, Emídio Guerreiro sublinhou que o que estranha neste debate “é a hipocrisia dos restantes partidos que apoiam o governo. São contra o aumento dos combustíveis, lamentam o preço praticado, mas votam favoravelmente os diplomas que validam o preço dos combustíveis. Uns dias são contra o Governo, outros a favor, mas no final do dia viabilizam sempre as propostas deste governo”.
A consequência desta atuação do governo e dos sues apoiantes, refere o social-democrata, traduz-se no custo dos combustíveis. “Hoje temos gasolina e gasóleo dos mais caros da europa. E não paramos de subir nesse malfadado ranking. Dois terços do aumento do preço da gasolina e três quartos do aumento do preço do gasóleo têm origem nos impostos, nas escolhas deste governo. Em 2015, o gasóleo em Portugal era 1% mais barato que a média europeia e agora é 8,7% mais caro. A gasolina era mais cara 8,7% que a média europeia e agora quase 14% mais cara”.
Para o Vice-Presidente da “bancada laranja”, é assim que a austeridade encapotada, feita através de impostos e taxinhas novos de forma indireta, vai fazendo o seu caminho. “Desde que o governo decidiu criar este novo imposto sobre os combustíveis já arrecadou das carteiras dos Portugueses cerca de mil milhões de euros. Num passado recente teríamos o PCP e o BE a gritarem que estávamos perante um “roubo” agora fingem que berram, mas autorizam”.
A terminar, Emídio Guerreiro referiu que a “verdade é que o provisório se tornou definitivo e tudo mais são conversas. E os portugueses sentem-no e sabem-no cada vez que abastecem o seu veículo. E assim se vai esvaziando os bolsos dos portugueses, a favor dos cofres do Estado, com a conivência e com o aval dos senhores deputados do PCP, BE, PS e PEV”.

24-05-2018 Partilhar Recomendar
04-04-2019
“O Governo não consegue nomear pessoas qualificadas sem serem familiares?”
    Fernando Negrão entende que o “Governo está a funcionar em circuito fechado”.
19-03-2019
Passe Único: “medida eleitoral como nunca se viu”
    Fernando Negrão acusou o governo de apresentar a redução dos preços dos passes apenas para Lisboa e Porto e de não aumentar o número de transportes.
13-03-2019
PIN Pedras Salgadas: “parece-nos difícil haver projetos desta importância que sejam construídos contra as populações”
    Paulo Rios de Oliveira considera que estamos perante um difícil divórcio quando a população deixa de falar no “seu local” e passa a falar no “local deles”.
15-02-2019
Regulação dos Drones: “3 anos para isto?”
    Joel Sá referiu que a proposta apresentada pelo governo foi considerada uma “aberração jurídica”.
30-10-2018
Há um ano que existe queda da atividade económica
    No entender de Paulo Rios de Oliveira, são necessárias reformas que melhorem a competitividade das empresas e a estabilidade fiscal.
10-10-2018
Tancos: “senhor Primeiro-Ministro, não acha que já fomos longe demais?”
    Fernando Negrão considera que este caso exigia intervenção imediata da hierarquia militar e da tutela política.
28-09-2018
Atividade seguradora e resseguradora: “vender gato por lebre passará a ser mais difícil”
    Carlos Silva declarou o apoio do PSD à implementação da diretiva europeia, mas lamentou a demora do executivo na transposição.
28-09-2018
PSD contesta a forma como o governo tratou o processo de alteração ao Código da Propriedade Industrial
    Paulo Rios de Oliveira referiu que esta alteração tem um enorme impacto económico e social e que, por isso, não pode ser feita “às três pancadas”.
20-09-2018
Plano Nacional de Investimento: Emídio Guerreiro assinala a “hipocrisia dos socialistas”
    O deputado acusou o governo de procurar disfarçar o insucesso do executivo no que toca ao investimento público.
19-09-2018
O governo tem sacrificado o investimento público para cumprir as metas do déficit
    Virgílio Macedo enfatizou que todos os partidos que apoiam parlamentarmente este governo são cúmplices deste desinvestimento.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas