Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Combustíveis: Carlos Silva acusa o governo de ter “ludibriado os portugueses”
O social-democrata refere que o governo criou uma “austeridade aditivada”.
“Quando o atual Governo do PS procedeu ao colossal, brutal, injustificado aumento do Imposto sobre os combustíveis, deu a sua palavra aos portugueses, comprometendo-se a diminuir o valor do ISP em 1 cêntimo por cada 4 cêntimos de aumento do preço do petróleo nos mercados internacionais. Mas esta palavra dada não foi palavra honrada, pois estamos na nona semana consecutiva de aumento sobre os combustíveis e pelos vistos já se anuncia que não vai parar, e o governo vira a cara para o lado e faz que não é nada com ele”. Foram estas as palavras iniciais de Carlos Silva no debate, agendado pelo PSD, sobre “políticas fiscais e de preços para os combustíveis”.
De seguida, o parlamentar dirigiu-se à bancada socialista para referir que “se este aumento de imposto em tempos era a austeridade encapotada, ela agora é a austeridade aditivada”.
De acordo com o deputado, este governo, em 2016, “ludibriou os portugueses quando aproveitou as circunstâncias dos preços dos combustíveis serem baixo nos mercados internacionais, para lá no combustível acomodar a receita fiscal necessária para fazer face à despesa publica do Estado, alegando que estava a diminuir os impostos e que as pessoas já sentiam isso na carteira. Mentira, engordaram discretamente o valor do ISP, levando ao ponto em que aquilo que pagamos hoje em média por litro de combustível na bomba de gasolina é quase 70% imposto, ou seja, em 100€ apenas 30€ são a matéria prima o resto é Estado”.
À bancada socialista, Carlos Silva referiu que o PSD não vai permitir “que continuem a enganar os portugueses. Temos hoje os combustíveis não é com o preço mais elevado do mundo, é com a carga fiscal mais elevada do mundo.
Frisando que esta austeridade não é só para quem anda de automóvel, mas sim para todos os portugueses, o deputado concluiu questionado aos socialistas se “não são sensíveis ao aumento de todos os bens de primeira necessidade cujo custo são os que mais penalizam as famílias mais desprotegidas e de baixos recursos”.

24-05-2018 Partilhar Recomendar
30-10-2018
Há um ano que existe queda da atividade económica
    No entender de Paulo Rios de Oliveira, são necessárias reformas que melhorem a competitividade das empresas e a estabilidade fiscal.
10-10-2018
Tancos: “senhor Primeiro-Ministro, não acha que já fomos longe demais?”
    Fernando Negrão considera que este caso exigia intervenção imediata da hierarquia militar e da tutela política.
28-09-2018
Atividade seguradora e resseguradora: “vender gato por lebre passará a ser mais difícil”
    Carlos Silva declarou o apoio do PSD à implementação da diretiva europeia, mas lamentou a demora do executivo na transposição.
28-09-2018
PSD contesta a forma como o governo tratou o processo de alteração ao Código da Propriedade Industrial
    Paulo Rios de Oliveira referiu que esta alteração tem um enorme impacto económico e social e que, por isso, não pode ser feita “às três pancadas”.
20-09-2018
Plano Nacional de Investimento: Emídio Guerreiro assinala a “hipocrisia dos socialistas”
    O deputado acusou o governo de procurar disfarçar o insucesso do executivo no que toca ao investimento público.
19-09-2018
O governo tem sacrificado o investimento público para cumprir as metas do déficit
    Virgílio Macedo enfatizou que todos os partidos que apoiam parlamentarmente este governo são cúmplices deste desinvestimento.
19-09-2018
Carlos Silva: os portugueses estão fartos da propaganda do governo
    O social-democrata considera que o executivo vai ficar conhecido “como o governo do agora é que é”.
19-09-2018
Com as esquerdas no governo Portugal registou o mais baixo investimento público dos últimos 20 anos
    Joel Sá considera que estamos perante “3 anos perdidos”.
13-07-2018
Cortes no investimento explicam a falta de resposta dos serviços públicos
    Emídio Guerreiro considera que situações como as que se registam na CP resultam dos cortes no investimento feitos pelo executivo.
12-07-2018
Transportes: PSD apresenta propostas para criar um regime inovador para as plataformas eletrónicas
    Emídio Guerreiro enfatiza que ficam igualmente eliminadas as lacunas identificadas no veto presidencial.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas