Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Deputados do PSD eleitos por Aveiro querem saber que planos há para a Linha do Vouga
Os sociais-democratas recordam que “os partidos políticos foram unânimes na importância da melhoria das condições”daquela ferrovia.
Os deputados do PSD eleitos por Aveiro “exigem do Governo uma clarificação quanto aos planos para a Linha do Vouga” e recordam que “os partidos políticos foram unânimes na importância da melhoria das condições” daquela ferrovia.
Numa pergunta dirigida ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, os deputados António Topa, Helga Correia e Bruno Coimbra aludem a um estudo divulgado terça-feira que considera aquela ferrovia como “uma das piores do país” e pretendem saber qual o montante a canalizar para manutenção dos troços Espinho-Oliveira de Azeméis e Aveiro-Sernada do Vouga.
Aludindo à resolução da Assembleia da República que recomenda ao Governo que promova a requalificação e modernização daquela ferrovia e a sua inclusão no Plano de Investimento Ferroviário 2016-2020, aqueles deputados perguntam ainda “que medidas estão e vão ser tomadas e, neste caso, quais são e como serão implementadas”, nos troços agora classificados “em pior estado”.
“O relatório divulgado terça-feira preocupa o grupo parlamentar do PSD, que por diversas vezes alertou o senhor ministro do Planeamento e das Infraestruturas para a necessidade de uma intervenção na via-férrea”, dizem os três deputados subscritores da pergunta, referindo-se ao estudo apresentado pelas Infraestruturas de Portugal.
Os parlamentares do PSD destacam que, em pergunta sobre aquela linha anteriormente formulada, lhes foi respondido que “atualmente, não existem limitações de velocidade nos troços em exploração decorrentes do estado da infraestrutura, sendo que as velocidades praticadas são condicionadas pelo traçado sinuoso da via e pelos condicionamentos impostos pelas inúmeras passagens de nível que a atravessam”.

15-03-2018 Partilhar Recomendar
15-03-2019
Sociais-democratas eleitos por Aveiro preocupados com atraso na ligação da A32 ao Parque de Negócios de Escariz
    Os deputados questionaram o Ministro das Infraestruturas e da Habitação.
20-02-2019
“Menos 1.500 milhões de euros em investimento público. É isto o fim da austeridade?”
    No debate da Moção de Censura, Emídio Guerreiro frisou que “os problemas do país resolvem-se cumprindo com o que se promete e não com palavras, anúncios e propaganda”.
15-02-2019
Ferrovia: foi opção deste governo abandonar a “bitola europeia”
    Emídio Guerreiro frisou que esta é uma decisão gravíssima que condiciona o futuro do nosso país.
15-02-2019
“Pedro Marques deixa-nos uma pasta vazia de investimento”
    Paulo Rios de Oliveira considera que “o Ministro das Infraestruturas não cumpriu o seu mandato”.
15-02-2019
Carlos Silva alerta para “Brexit ferroviário”
    Com Espanha a abandonar bitola ibérica em 2023, o social-democrata afirmou eu Portugal ficará isolado.
12-02-2019
Deputados do PSD exigem intervenção imediata na Escola Secundária de Ílhavo
    Os sociais-democratas consideram que as “condições inaceitáveis” do edifício põem em causa a qualidade do ensino.
08-02-2019
PSD defende a redução dos preços das portagens na Autoestrada do Pinhal Interior
    Fátima Ramos afirmou que esta via deve ter um tratamento igual ao dado às autoestadas do Interior e do Algarve.
08-02-2019
Aveiro: PSD quer ver estudada uma alternativa ao "Pórtico do Estádio"
    António Topa afirmou que os sociais-democratas pretendem acabar “com uma grave injustiça para com os aveirenses”.
08-02-2019
Nacional 125: apesar dos anúncios e promessas do Ministro Pedro Marques, obra continua por fazer
    Cristóvão Norte recordou que o Ministro “anunciou as obras em 2016, insistiu em 2017 e jurou em 2018.”
31-01-2019
Programa de apoio à redução do valor dos passes é uma “medida perversa, injusta e iniqua”
    Carlos Silva lembra que este programa deixa de fora 6 milhões de portugueses que não vivem nos grandes centros urbanos.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas