Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Crescimento Económico: com este governo Portugal cresce pouco
Hugo Soares recordou que apesar da conjuntura externa extremamente favorável, dos 27 países da União Europeia, Portugal só está à frente de 7.
Para Hugo Soares os resultados do crescimento económico revelam a “ambição poucochinha” do governo e do Primeiro-Ministro. No debate quinzenal com o Primeiro-Ministro centrado em torno do tema “Economia, Inovação e Conhecimento”, o líder parlamentar do PSD começou por elogiar os agentes económicos, os trabalhadores, as empresas, os portugueses e o governo pelos resultados conhecidos, mas lamentou que o governo não esteja a aproveitar a conjuntura. Recordando que o executivo tem beneficiado uma conjuntura externa extremamente favorável, o social-democrata afirmou que dos 27 países da União Europeia, Portugal só está à frente de 7. No que respeita às políticas para a inovação, tema que António Costa trouxe ao Parlamento, Hugo Soares desafiou o Primeiro-Ministro a aprovar as medidas já propostas pelo PSD e recordou que o Roteiro para a Inovação que o governo vem agora promover já está a ser feito pelo Grupo Parlamentar do PSD há 2 meses.
De seguida, Hugo Soares repetiu a acusação de que o governo deu uma “machadada na legislação laboral” e, a propósito do caso da Autoeuropa, perguntou se António Costa acredita que existem “limites morais e éticos ao trabalho extraordinário” e se “pretende mudar a lei”. Perante o silêncio do governante, Hugo Soares acusou António Costa de “falta de respeito em relação à bancada do PSD” e disse que o que está na base desta questão é um “despacho que autoriza que trabalhadores possam fazer 850 horas de trabalho extraordinário no Porto de Lisboa”.
Outro dos temas abordados pelo social-democrata foi a da adoção ilegal de crianças denunciada numa reportagem televisiva. Frisando que “chega de silêncios ensurdecedores” e que “se há matéria em que o Estado não pode falhar é na proteger os mais frágeis”, Hugo Soares questionou se “foi determinada alguma auditoria aos serviços da Segurança Social e que acompanhamento esta o Governo a fazer àquelas mães”. Em face da resposta de António Costa, o líder da “bancada-laranja” afirmou que “a demissão do Governo de procurar saber o que aconteceu é uma vergonha nacional”.
A terminar, Hugo Soares abordou o tema dos lesados do BES para perguntar ao Primeiro-Ministro se “mantém a tese de que os contribuintes não vão pagar a sua solução para os lesados do BES”, adiantando que “o país está habituado a que o PS deixe as faturas para a frente, para os outros pagarem”.

14-02-2018 Partilhar Recomendar
15-03-2019
Esquerda governa para os eleitores e não para os portugueses
    Joana Barata Lopes lamentou que estes partidos governem sem pensar no futuro.
15-03-2019
Clara Marques Mendes coloca em evidência a hipocrisia do PCP
    A deputada lembra que os comunistas, apesar de verem as suas propostas chumbadas pelo PS, continuam a viabilizar os Orçamentos.
15-03-2019
Álvaro Batista: “com o governo das esquerdas 1 em cada 4 trabalhadores são precários”
    O social-democrata referiu-se à consciência pesada das esquerdas que prometeram reduzir a precariedade laboral e fizeram precisamente o contrário.
08-03-2019
PSD defende a criação de um Estatuto do Cuidador Informal
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada pela deputada Helga Correia.
08-03-2019
Cuidadores Informais querem respostas, não falsas ilusões
    Mercês Borges considera que falta vontade ao governo para dar resposta a este problema.
07-03-2019
Novo Banco: “queremos conhecer tudo em nome do interesse dos portugueses”
    Adão Silva exigiu explicações a António Costa sobre a “trapalhada” que se revelou a solução encontrada para o Novo Banco.
21-02-2019
Rui Cruz: “aquilo que foi dado aos portugueses, foi-lhes tirado por mais impostos, taxas, preços e tarifas”
    O deputado considera que “precisamos de um governo que seja capaz de induzir um crescimento económico robusto e continuado”.
21-02-2019
“Com o governo das esquerdas os trabalhadores precários aumentaram de forma explosiva”
    Álvaro Batista acusou a governação das esquerdas de ter falhado o objetivo de reduzir a precariedade.
15-02-2019
Propinas: o que esperar de um governo que diz uma coisa num dia e outra no seguinte?
    Para Margarida Mano esta foi uma “legislatura perdida” devido à impossibilidade de conjugar uma “cegueira ideológica” com as políticas necessárias para o país.
15-02-2019
Ensino Superior nunca foi uma prioridade do BE e do PCP nas negociações dos Orçamentos
    Duarte Marques refere que a defesa dos estudantes não é importante para estes partidos e por isso sempre ficou fora dos Orçamentos.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas