Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD criou as condições para que se gerasse mais emprego e se combatesse o desemprego
Adão Silva apelou aos socialistas para resistirem “aos ataques de pacotilha dos parceiros da esquerda radical”.
Adão Silva lamentou a incapacidade do governo e do PS em reconhecerem o trabalho feito pelo anterior governo em matéria de legislação laboral. Num debate de atualidade sobre emprego, o Vice-Presidente da bancada social-democrata recordou que o governo liderado pelo PSD “trilhou o caminho das pedras” e “criou as condições para que se criasse mais emprego e se combatesse o desemprego”.
Reconhecendo que o atual executivo seguiu o caminho anterior, como assumiu o Primeiro-Ministro ao admitir que a legislação atual não é um entrave ao crescimento do emprego, o parlamentar afirmou não compreender o que custa aos socialistas elogiarem o anterior governo pela reforma que fez.
De seguida, Adão Silva afirmou que existem alertas que importa ter em conta para que não se destrua “o que custou tanto a construir”. Nesse sentido, apela o deputado, o PS tem de “resistir aos ataques de pacotilha dos parceiros da esquerda radical. Façam favor de estar atentos ao que está a anunciar-se, um abrandamento do crescimento do emprego. Estejam atentos aos cerca de 150 mil postos de trabalho disponíveis e que não são ocupados”.
Dirigindo-se à bancada socialista, o Vice da “bancada laranja” lembrou que é importante que o “melhor emprego” prossiga, algo que não está a acontecer. “Há menos precariedade? Não há.
Há mais e melhor formação profissional? Não há. Há mais e melhor emprego para os jovens? Não há. E isto é que é importante chamar à atenção. Nós deixámos uma herança que deixou vantagens para Portugal e os senhores têm um desafio que não estão a conseguir cumprir”.
A terminar, Adão Silva apelou aos socialistas para que resistam à “avalanche do PCP e do BE”, cujo comportamento visa agitar o país.

08-02-2018 Partilhar Recomendar
22-03-2018
Com este governo assistimos a muitos anúncios e pouca concretização
    Nilza de Sena considera que essa concretização é crucial para que Portugal não continue a ter o quinto crescimento mais baixo da Europa.
22-03-2018
Crescimento económico: continuamos na cauda da União Europeia
    Paulo Neves confrontou a euforia dos socialistas com a realidade dos números.
14-03-2018
Legislação Laboral: as leis em vigor são boas
    Adão Silva questionou se ainda vamos ver o PCP na rua a gritar: “a luta continua, governo para a rua”.
14-03-2018
Legislação Laboral: Pedro Roque apela ao sentido de responsabilidade do PS
    O social-democrata alertou para os riscos de uma cedência dos socialistas à agenda da esquerda-radical.
14-03-2018
Susana Lamas: PCP insiste em reverter reformas e em permanecer no passado
    A deputada considera que os comunistas pretendem a retoma de legislação laboral que está obsoleta.
14-03-2018
“Governo não está a saber aproveitar a conjuntura favorável para preparar o futuro”
    Mercês Borges lamentou a apatia de um executivo que, além de não dar resposta às necessidades das empresas, deixa pairar a ameaça de uma revisão das leis laborais.
14-03-2018
Sandra Pereira: “o PCP cristalizou-se e parou no tempo”
    A deputada referiu-se à “inquietação” de um partido que defende uma coisa na rua e depois vota ao lado do governo.
09-03-2018
O emprego precário não diminuiu e o fosso salarial não se reduz
    Clara Marques Mendes considera que o mérito é sobretudo dos empresários, dos trabalhadores e das condições exteriores excecionalmente favoráveis.
08-03-2018
As novas gerações não aceitam as decisões políticas como um concurso de popularidade imediatista
    Joana Barata Lopes lamenta que a esquerda continue a encarar o progresso digital e a inovação como um problema.
08-03-2018
Sem confiança e previsibilidade é muito difícil captar investimento estrangeiro
    Virgílio Macedo desafiou os socialistas a dizerem se vão alterar a legislação laboral.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas