Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Saúde: Miguel Santos fala em “hospitais à míngua” e alerta para a falta de resposta das urgências
Segundo o Vice-Presidente da bancada do PSD, cada vez que o governo se vê confrontado com a necessidade de tomar uma decisão cria um Grupo de Trabalho.
No seguimento de uma declaração política dos centristas sobre saúde, Miguel Santos aproveitou para fazer um ponto de situação da saúde em Portugal, sobretudo do SNS. “Falta de resposta das urgências, descontrolo financeiro e duplicação dos atrasos de pagamento, cativações como instrumento de cortes orçamentais de forma encapotada, os hospitais à míngua e sem recursos, os tempos médios de resposta garantidas nas cirurgias ultrapassados, o investimento ao nível mais baixo de sempre, uma conflitualidade crescente no sector e o menor orçamento da saúde desde 2010”.
Perante este cenário, o Vice-Presidente da bancada do PSD enfatizou que nos últimos anos foram introduzidos graves desequilíbrios no SNS e assistiu-se a uma ausência de reformas. A este propósito, adianta o social-democrata, a resposta dada pelo governo e pela esquerda para a ausência de reformas reside nos Grupos de Trabalho. “Reforma dos Cuidados de Saúde Primários. Resposta: Grupo de Trabalho. Reforma Hospitalar: Grupo de Trabalho. Deslocalização do Infarmed para o Porto: Grupo de Trabalho. Modelo de aplicação das taxas moderadoras: Grupo de Trabalho. A estratégia para a eliminação do VIH Sida: Grupo de Trabalho. O enquadramento dos médicos dentistas no SNS: Grupo de Trabalho. A criação de uma maternidade nova em Coimbra: Grupo de Trabalho. Avaliação externa das políticas de saúde: Grupo de Trabalho. Hospital Central da Madeira: Grupo de Trabalho. Desenvolvimento das Unidades de Cuidados na Comunidade: Grupo de Trabalho. Reestruturação dos CODU no INEM: Grupo de Trabalho. Reforma da Saúde Pública Nacional: Grupo de Trabalho. Luta contra a fraude no SNS: Grupo de Trabalho. Alteração do período normal para as 35 horas: Grupo de Trabalho”.
A terminar, Miguel Santos pediu à deputada centrista para se pronunciar sobre este cenário.

24-01-2018 Partilhar Recomendar
23-02-2018
Isaura Pedro: “cuidados de saúde primários são um claro exemplo do desinvestimento do governo no SNS”
    A parlamentar recordou a “trapalhada” do governo em torno da criação e Unidades de Saúde Familiar.
23-02-2018
José António Silva: “todos os dias somos confrontados com a situação caótica vivida nos Centros de Saúde e Hospitais”
    O deputado considera que é tempo deste governo assumir o falhanço das suas políticas.
23-02-2018
PSD pede audição urgente do Ministro das Finanças na Comissão de Saúde
    Segundo Ricardo Baptista Leite os bloqueios sucessivos do Ministro têm prejudicado a vida de milhões de portugueses.
23-02-2018
Ministério da Saúde está “numa situação económico-financeira extremamente débil”
    Ângela Guerra confrontou o Ministro da Saúde com os alertas do Tribunal de Contas.
23-02-2018
“Aumento dos tempos de espera no SNS é desumano para os doentes e constitui uma afronta para os profissionais de saúde”
    Luís Vales recordou que “há centenas de médicos que concluíram em 2017 o internato e que continuam a aguardar os concursos para a sua colocação no SNS”.
15-02-2018
“É extraordinariamente débil a situação económico-financeira do SNS”
    Ângela Guerra traçou um cenário negro da Saúde em Portugal, com o caos nas urgências, obras cativadas e doentes que esperam mais de 800 dias por uma consulta.
15-02-2018
Miguel Santos assinala “enorme cinismo político” do PCP
    Perante o regresso dos comunistas ao protesto, o social-democrata recordou que o PCP apoia esta política e este governo.
09-02-2018
Saúde: avaria no INEM é “inaceitável”
    Os deputados do PSD criticam a falta de explicações por parte do Ministro.
08-02-2018
Despedimento de enfermeiros do Hospital Gaia/Espinho prejudica os doentes do SNS e é um insulto para os profissionais
    Luís Vales afirmou que o despedimento destes profissionais menos de um mês depois de terem sido contratados “é uma vergonha”.
08-02-2018
PSD exige explicações ao governo sobre enfermeiros despedidos no Hospital Gaia/Espinho
    Os sociais-democratas questionaram o Ministro da Saúde.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas