Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“PSD não é contra a utilização da canábis para fins terapêuticos”
Cristóvão Simão Ribeiro adiantou que os sociais-democratas não confundem a utilização da canábis para fins recreativos, com a sua utilização para fins terapêuticos.
Cristóvão Simão Ribeiro frisou que o PSD não tem nenhuma espécie de visão retrógrada ou dogmática em relação à utilização da canábis para fins terapêuticos. No debate de iniciativas sobre esta matéria, o social-democrata enfatizou que o “PSD não é contra a utilização da canábis para fins terapêuticos”, enfatizando contudo que o PSD não confunde a utilização da canábis para fins recreativos, com a sua utilização para fins terapêuticos.
De seguida, o parlamentar destingiu as iniciativas do BE e do PAN, que defendem a legalização da canábis para consumo e o seu cultivo, do Projeto de Resolução do PCP que é “mais aviado e sensato” e que recomenda ao Governo que faça uma análise da utilização da canábis naquilo que tem a ver com a saúde pública.
Centrando-se nas duas primeiras iniciativas, o deputado reconheceu que elas determinam que a obtenção da canábis seja feita com base em prescrição médica, mas omitem a penalização aos que a possam ceder a terceiros. “Por outro lado, trata-se de uma matéria que parece ser tratada de uma forma ligeira, porque esquece-se, muitas vezes, dos potenciais perigos que uma substância como a canábis possa ter para a saúde pública, nomeadamente no que diz respeito a doenças mentais, quando utilizada de forma continuada. Aquilo que dizemos é que, no mínimo, há uma necessidade de aprofundar técnica e cientificamente a utilização desta substância”, referiu o deputado.
Reafirmando que o PSD não é contra a utilização da canábis para fins terapêuticos, Cristóvão Simão Ribeiro afirmou que essa utilização deve ser inserida no contexto da política do medicamento prosseguida pelo Estado Português, designadamente por via do INFARMED.

11-01-2018 Partilhar Recomendar
19-04-2018
Doenças raras: Ricardo Baptista Leite lamenta a inação do governo
    O social-democrata recordou que a única iniciativa política que este país já viu no âmbito das doenças raras foi feita pelo governo liderado pelo PSD.
18-04-2018
Saúde: problemas no sector comprovam que a austeridade não acabou
    Fernando Negrão sublinhou que “os serviços que o Estado oferece estão cada vez mais degradados”.
10-04-2018
PSD quer ouvir administração do Hospital de S. João e vai confrontar Centeno com queixas no SNS
    Em causa os atrasos na construção da nova ala pediátrica do Hospital S. João que leva a que crianças com cancro estejam a ser tratadas no corredor.
05-04-2018
Cultura: governo não honrou a palavra dada
    Fernando Negrão saudou os agentes culturais por terem desencadeado a maior onda de contestação na Cultura das últimas décadas.
05-04-2018
PSD chama presidente do INEM ao Parlamento para explicar “atrasos no atendimento”
    Adão Silva apresentou o requerimento dos sociais-democratas.
29-03-2018
Simão Ribeiro: o número de médicos sem acesso a formação especializada triplicou
    O deputado considerou que esta é uma situação altamente lesiva.
29-03-2018
Com o governo das esquerdas o investimento no SNS é 27,5% inferior ao do período da troika
    Simão Ribeiro frisou que o PCP e o BE são tão responsáveis pela situação do SNS como o PS.
29-03-2018
Fátima Ramos apela ao Ministro da Saúde para que “não seja Centeno”
    A deputada quer que Adalberto Campos Fernandes se imponha perante o Ministro das Finanças e defenda os doentes.
29-03-2018
Ricardo Baptista Leite: o governo não tem estratégia para a saúde
    O deputado lamentou que, apesar de o país estar crescer, o governo opte por desinvestir no SNS.
29-03-2018
"É intolerável o adiamento de consultas e cirurgias por tempos clinicamente desajustados"
    Adão Silva considera que o Ministro da Saúde está reduzido a um “mero protetorado do Imperador Centeno”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas