Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Os serviços públicos estão a degradar-se todos os dias. Na saúde é o caos completo"
Hugo Soares aponta o dedo ao governo das esquerdas e alertou para o caos no sector da saúde.
Hugo Soares entende que as declarações da Ministra da Justiça sobre a possível não renovação de mandato da atual Procuradora Geral da República (PGR), Joana Marques Vidal, representam uma forma de condicionar o trabalho da PGR numa altura em que ainda faltam 10 meses para terminar o seu mandato. No debate quinzenal com o Primeiro-Ministro, o líder parlamentar do PSD contestou a forma “leviana” como esta questão foi colocada e frisou que “há um antes e um depois de Joana Marques Vidal na PGR. É a primeira vez que a justiça demonstrou que não é fraca com os fortes. E quando há decisões para serem tomadas de extrema relevância para o país, o que os senhores fizeram foi colocar em causa a autonomia da Dra. Joana Marques Vidal, condicionando o trabalho do Ministério Público. E tudo isto sem falar com o Presidente da República. Não há opiniões de Ministros que não sejam opiniões do governo, ou o senhor desautoriza a Ministra da Justiça, ou esta é a posição do governo e, doravante, o país sabe que a Dra. Joana Marques Vidal, com 10 meses ainda de mandato, está em exercício de funções porque vai ser substituída por vontade política”.
Antes, o social-democrata recordou o acordo de revisão constitucional, assinado em 1997 entre o PS e PSD, quando António Costa era Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, que estabelecida que a PGR teria mandatos de “seis anos sem limitação de renovações”. “Mais claro do que isto não pode haver: o espírito do legislador é claro no que se assinou. Não há limitação de mandatos para nenhum órgão que não esteja expresso na lei”, argumentou o parlamentar.
De seguida, Hugo Soares focou-se nas consequências para os serviços públicos das opções políticas do governo. De acordo com o líder parlamentar do PSD “os serviços públicos estão a degradar-se todos os dias. São escolas que não ligam o aquecimento porque não têm dinheiro para pagar contas, é o contrato de confiança com as universidades que não está a ser cumprido, são escolas profissionais sem dinheiro, com os alunos a adiantar dinheiro do próprio bolso para pagar alimentação e transportes e é, na saúde, o caos completo”. Recorda o social-democrata que, em junho, teve oportunidade de visitar o Centro Hospitalar de Faro e alertar para a falta de condições daquele hospital. “Eu tive ocasião de perguntar ao senhor Primeiro-Ministro, há 3 semanas, no debate quinzenal, se tudo estava a ser feito para preparar o pico da gripe. Hoje, temos notícias de doentes que esperam em macas na receção hospitalar como se isso fosse o internamento e o tratamento das urgências. O hospital de Faro é o que conhecemos, mas é assim nas urgências de todo o país”.
A terminar, Hugo Soares perguntou a António Costa se acha razoável que, no ano 2018, “o governo das esquerdas e o país possa saber que há Centros de Saúde do país que não receberam este mês os medicamentos e outros artigos de tratamento de primeira necessidade, que não conseguem fazer o acompanhamento domiciliário dos seus doentes, porque o Estado não pagou o seguro da frota automóvel”.
09-01-2018 Partilhar Recomendar
11-01-2018
Direito ao acompanhamento da mulher grávida durante todas as fases do parto constituiu um importante marco no progresso dos direitos dos utentes
    A afirmação por proferida por Laura Magalhães no debate de uma Petição subscrita por mais de 83 mil cidadãos.
11-01-2018
Diabetes: PSD defende que o Estado deve comparticipar a aquisição do equipamento para medição dos níveis de glicose
    Ângela Guerra lembra que “o diagnóstico precoce e a prevenção são vertentes fundamentais do combate à diabetes”.
11-01-2018
“PSD não é contra a utilização da canábis para fins terapêuticos”
    Cristóvão Simão Ribeiro adiantou que os sociais-democratas não confundem a utilização da canábis para fins recreativos, com a sua utilização para fins terapêuticos.
10-01-2018
Saúde: Ricardo Baptista Leite alerta para “situação grave” do SNS
    O deputado fala em “descalabro” e exige respostas ao Ministro da Saúde.
04-01-2018
Bloco de Esquerda quer “estatizar o sistema de saúde português”
    A acusação partiu de Luís Vales que enfatizou que aos bloquistas não importam as pessoas.
21-12-2017
2017 teve menos dinheiro para a ciência do que no tempo da troika
    Duarte Marques lembrou que em 2017 houve menos dinheiro para a ciência do que no tempo da troika.
15-12-2017
PSD defende a reabilitação e requalificação do edifício da Escola Secundária José Falcão, em Coimbra
    Margarida Mano recordou a urgência de uma intervenção de fundo neste histórico estabelecimento de ensino.
15-12-2017
Nilza de Sena acusa a esquerda de “atirar areia para os olhos dos professores”
    A deputada considera que PCP e BE pretendem criar uma “cortina de fumo” para ocultar o desastroso concurso de mobilidade interna.
14-12-2017
O reforço da proteção dos jornalistas e da sua profissão favorece a liberdade de imprensa
    Carlos Peixoto declarou o apoio do PSD a iniciativas que visam reforçar a proteção jurídico-penal dos jornalistas no exercício de funções.
13-12-2017
PSD é favorável ao descongelamento das carreiras e defende o princípio da equidade e justiça
    Amadeu Albergaria exigiu seriedade do governo na negociação que vai encetar com os professores.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas