Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Maurício Marques apela ao governo para que “pare, escute e olhe”
Em causa a atuação do executivo em relação aos incêndios e às propostas do PSD que teima em rejeitar.
Maurício Marques afirmou que desde o início da chamada reforma florestal que o PSD tem vindo a tentar minorar os danos que a estratégia implementada já teve e vai continuar a ter na floresta portuguesa e nos incêndios florestais. Segundo o deputado, depois dos grandes incêndios de 2016, reconhecendo a sua incapacidade no combate aos fogos, o governo apelou ao consenso e solicitou contributos dos diversos partidos e agentes do setor. Contudo, refere o deputado, “quando ouvimos os representantes dos proprietários florestais, e demais entidades que trabalham a floresta, ficámos a saber que os seus contributos foram ignorados nos diplomas já aprovados. Também as propostas da oposição foram rejeitadas, esquecidas e muitas vezes adiadas de forma grosseira. O governo e a maioria que o suporta não precisa de contributos, tudo sabe, tudo conhece no mundo rural”.
Depois de uma catástrofe anunciada, com as consequências conhecidas, que todos lamentamos, o social-democrata recordou que os partidos da maioria de esquerda foram a correr para as zonas afetadas tentar limpar as suas responsabilidades. “Espera-se, agora, que governo e maioria que o suporta estejam disponíveis para ouvir os apelos que lhe vão chegando dos mais diversos setores. Espera-se, agora, que o governo e a maioria que o suporta estejam disponíveis para acolher as nossas propostas, coisa que não tem acontecido nesta legislatura. Depois de tantas vítimas, de tamanha calamidade, espera-se, agora, que o governo pare, escute e olhe”, apelou o parlamentar.
“Pare de fazer asneiras, como aquelas que fez no combate. Pare de menosprezar o papel dos bombeiros voluntários. Pare de nomear responsáveis para a proteção civil, apenas pelas suas cores partidárias. Escute os proprietários e o setor. Escute os partidos da oposição. Escute os autarcas. Escute aqueles que podem contribuir para uma floresta mais amiga do homem. Escute aqueles valorizam a floresta e a conseguem rentabilizar. Escute aqueles que podem acrescentar valor à floresta, aqueles que dela cuidam e que podem contribuir para uma melhor prevenção florestal. Olhe para as vítimas, prestando-lhe o apoio que lhe é devido, minimizando o seu sofrimento. Olhe para aqueles que sofrem na pele os acontecimentos recentes. Olhe para a reflorestação que prometeram apoiar”.
Além disso, concluiu o deputado, espera-se que o governo “olhe também para o futuro imediato, para as chuvas que hão-de vir, para as enxurradas de cinza, para contaminação das linhas de água. Mas olhe também para as inundações que inevitavelmente vão ocorrer”.

29-11-2017 Partilhar Recomendar
07-06-2018
Incêndios: PSD questiona o governo sobre reconstrução das casas destruídas
    Os sociais-democratas querem saber qual o ponto de situação da reconstrução das casas de primeira habitação.
17-05-2018
Incêndios: PSD exige saber como serão distribuídas as verbas do Fundo de Solidariedade da UE
    Os deputados do PSD eleitos por Santarém entregaram no Parlamento uma pergunta dirigida ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas.
09-05-2018
"Por que razão o PS demorou mais de três anos a demarcar-se de José Sócrates?"
    Fernando Negrão levou o “Caso Sócrates” ao debate com o Primeiro-Ministro, onde também desafiou António Costa a responder se o País está preparado para os incêndios.
02-05-2018
Atual maioria de esquerda diminuiu a rentabilidade da floresta e aumentou os ónus para os proprietários
    Maurício Marques alertou ainda para as consequências do crescimento das zonas de matos incultos.
02-05-2018
Carlos Peixoto: “os portugueses têm o direito de saber o que se passou no dia dos incêndios de Pedrógão”
    Perante as notícias de que foram destruídos documentos sobre o incêndio de Pedrógão Grande, o social-democrata solicitou ao governo a divulgação do relatório.
13-04-2018
Maurício Marques exige ao que governo apoie os pequenos agricultores afetados pelos incêndios
    O deputado defendeu a abertura de uma nova fase de candidaturas para apoiar os “lesados pela incompetência do governo”.
13-04-2018
“Estamos a um mês da época de incêndios e ninguém sabe quais são os meios operacionais disponíveis”
    Duarte Marques alerta que, mais uma vez, “está tudo atrasado”.
13-04-2018
Prevenção de incêndios: PSD pede ao governo que seja mais expedito e menos panfletário
    Carlos Peixoto sublinhou que os sociais-democratas não vão descansar enquanto não assegurarem que as populações estão muito mais seguras do que estiveram em 2017.
10-04-2018
Incêndios: PSD acusa o governo de discriminação na distribuição de apoios
    Os sociais-democratas contestam a opção do governo de distribuir de forma diferenciada os apoios aos concelhos afetados pelos incêndios.
05-04-2018
Cultura: governo não honrou a palavra dada
    Fernando Negrão saudou os agentes culturais por terem desencadeado a maior onda de contestação na Cultura das últimas décadas.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas