Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Susana Lamas: “Fundo de Garantia Salarial é da maior importância”
A deputada recordou que o governo liderado pelo PSD alargou o universo de trabalhadores abrangidos.
O Parlamento analisou, esta quinta-feira, duas iniciativas referentes ao Fundo de Garantia Salarial. Susana Lamas, numa intervenção em nome do PSD, começou por sublinhar que o “Fundo de Garantia Salarial é da maior importância para os trabalhadores na medida em que assegura o pagamento dos seus créditos nos casos em que as empresas estejam em situação de insolvência ou em situação económica difícil”.
De seguida, a parlamentar recordou que até abril de 2015, o Fundo de Garantia Salarial apenas assegurava o pagamento dos créditos dos trabalhadores cujo empregador fosse judicialmente declarado insolvente. Contudo, lembrou a deputada, o governo liderado pelo PSD aprovou as novas regras de acesso ao Fundo de Garantia Salarial, alargando o universo de trabalhadores abrangidos. “Assim, além da situação de insolvência, passaram a estar abrangidos os créditos devidos pelos empregadores em processo especial de revitalização (PER) ou os que recorram ao SIREVE. Aprovou também alterações que passaram pela criação de uma norma anti abuso, que determina a recusa de pagamento nos casos fraudulentos, isto em ordem à proteção do interesse público. E, numa lógica de estabilidade temporal e segurança jurídica, os trabalhadores passaram a ter um ano para acionar o Fundo, contra o anterior prazo de 9 meses”.
Dirigindo-se às bancadas da esquerda, a social-democrata recordou, de seguida, que este Fundo é gerido pelo Estado e por representantes dos parceiros sociais com assento na Comissão Permanente de Concertação Social, pelo que faz todo o sentido que estas matérias sejam colocadas no seio da concertação social. “Foi o que nós fizemos aquando da discussão do atual regime do Fundo de Garantia Salarial. Mas os senhores, não. Os senhores, numa atitude pouco democrática, típica das esquerdas que apenas querem impor, sem dialogar, apresentam estas iniciativas à margem da concertação social, e em desrespeito pelo Governo que dizem apoiar”.
“Um País que se quer moderno, com uma democracia participativa exige esse diálogo. Pois é no diálogo com os Parceiros Sociais que se consegue uma melhor resolução das questões relativas aos trabalhadores. É no diálogo com os trabalhadores e com os empregadores que se alcança uma maior pacificação das relações laborais”.
A terminar, Susana Lamas enfatizou que estas matérias não devem ser discutidas à margem do diálogo social e manifestou a disponibilidade do PSD para melhorar o quadro legal da legislação laboral para que esta seja mais conforme com os direitos e interesses dos trabalhadores e das entidades patronais.

26-10-2017 Partilhar Recomendar
12-10-2018
“Só com rendimentos dignos é que conseguimos combater as desigualdades sociais, a pobreza e a exclusão social”
    Clara Marques Mendes frisou que o PSD é a favor da atualização do salário mínimo nacional.
12-10-2018
BE e PCP estão reféns de António Costa
    Feliciano Barreiras Duarte considera que esta é a consequência de se venderem as convicções em troca de umas migalhas de poder.
12-10-2018
Joana Barata Lopes desafia o PCP a ser coerente e a votar contra o Orçamento
    Caso tal não aconteça, a deputada conclui que a iniciativa do PCP para aumentar o salário mínimo não passou de uma encenação para os jornais.
12-10-2018
PSD questiona o governo sobre os atrasos no pagamento do POISE
    Os sociais-democratas fizeram eco das queixas das entidades formadoras, formadores e formandos referentes a atrasos que ocorrem desde 2016.
20-09-2018
Pensões: introduzir equidade no sistema é o mais importante
    Mercês Borges alertou para a importância de se corrigir as injustiças existentes sem que se criem novas.
18-07-2018
Pessoas em situação de sem-abrigo: PSD defende a adoção de uma estratégia nacional
    Ana Oliveira afirmou que os sociais-democratas defendem uma estratégia assente em objetivos e avaliações reais.
06-07-2018
Legislação laboral: finalmente o governo reconhece que muito do que se fez deu resultados e não deve ser demagogicamente revertido
    Clara Marques Mendes saudou ainda a mudança de posição dos socialistas em relação à importância da concertação social.
06-07-2018
Geringonça: “acabaram os tempos festivaleiros das reversões e agora é tempo dos encontrões”
    Adão Silva alertou ainda para a “traição” que o PS se prepara para fazer ao que foi acordado em concertação social.
28-06-2018
A reforma da segurança social é um dos principais e mais urgentes desafios que se colocam à sociedade portuguesa
    Feliciano Barreiras Duarte defendeu a adoção de políticas de longo prazo, assentes numa prévia e séria análise do sistema.
28-06-2018
É imperativo e necessário repensar as fontes de financiamento da Segurança Social
    Adão Silva considera que esta é uma matéria que exige mais do que “medidas de cosmética e de faz de conta”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas