Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Municipalização da Carris privilegia despudoradamente o município de Lisboa”
Sandra Pereira criticou a forma “atabalhoada” como a municipalização foi feita e alertou para as injustiças criadas.
“Depressa e bem não há quem. O Governo cheio de pressa, motivado por fins eleitoralistas, foi a correr entregar a CARRIS à Câmara de Lisboa, e fê-lo tão atabalhoadamente que são precisamente os seus parceiros que vêm aqui requerer a Apreciação Parlamentar e corrigir este diploma”. Foi desta forma que Sandra Pereira iniciou a sua intervenção, esta sexta-feira, durante a Apreciação Parlamentar do Decreto-Lei que “regula a transferência para a Caixa Geral de Aposentações, I. P., do encargo financeiro com os complementos de pensão dos trabalhadores da Carris”.
Segundo a deputada, “a municipalização da Carris é um modelo que é da inteira responsabilidade das esquerdas. É um modelo que privilegia despudoradamente o Município de Lisboa, em detrimento de todos os outros, e mais grave, em detrimento daqueles que são servidos pela Carris”.
Dirigindo-se às bancadas da esquerda, a parlamentar pediu a estes deputados para explicarem aos munícipes de Oeiras, de Odivelas, da Amadora, de Loures e de Almada, onde a Carris também opera, o motivo para estes não terem os mesmos benefícios que os Lisboetas. “Porque é que, por exemplo, as crianças de Odivelas não têm também direito a transporte gratuito? São ou não são capazes de explicar porque é que as pessoas com mais de 65 anos que são da Amadora, que são de Almada ou de Loures não têm o mesmo desconto no passe que os lisboetas? Este modelo não só não é justo, como foi precipitado e gera desigualdades entre utentes e entre trabalhadores como aqui se vê”.
No entender da deputada, o governo foi capturado pela obsessão ideológica de uma política de reversões exigida pela esquerda, neste caso pelo Partido Comunista, para manter a sua clientela.
A terminar, Sandra Pereira frisou que o PS e o governo puseram todo o país a sustentar os encargos de uma empresa de Lisboa que só atribui benefícios a munícipes de Lisboa. “Apenas porque a sua preocupação não é gerir o país, apenas alimentar esta solução de governo”, concluiu.
20-10-2017 Partilhar Recomendar
18-10-2018
Plataformas eletrónicas: PSD contribuiu para a regulamentação do setor
    Paulo Rios de Oliveira assegurou que os sociais-democratas querem dar condições aos taxistas para que estes possam concorrer de igual para igual com as plataformas eletrónicas.
18-10-2018
Carlos Silva alerta para o retrocesso na mobilidade dos cidadãos da margem sul com o fim da concessão da Fertagus
    O deputado reafirmou a rejeição do PSD a uma proposta “cega, partidária e sindicalista” dos comunistas.
20-09-2018
Plano Nacional de Investimento: Emídio Guerreiro assinala a “hipocrisia dos socialistas”
    O deputado acusou o governo de procurar disfarçar o insucesso do executivo no que toca ao investimento público.
19-09-2018
O governo tem sacrificado o investimento público para cumprir as metas do déficit
    Virgílio Macedo enfatizou que todos os partidos que apoiam parlamentarmente este governo são cúmplices deste desinvestimento.
19-09-2018
Carlos Silva: os portugueses estão fartos da propaganda do governo
    O social-democrata considera que o executivo vai ficar conhecido “como o governo do agora é que é”.
12-07-2018
Transportes: PSD apresenta propostas para criar um regime inovador para as plataformas eletrónicas
    Emídio Guerreiro enfatiza que ficam igualmente eliminadas as lacunas identificadas no veto presidencial.
22-06-2018
Combustíveis: o governo mentiu aos portugueses
    Paulo Rios de Oliveira afirmou que o governo mentiu e “continua a mentir, pois não corrige esta grave e injusta situação”.
21-06-2018
PSD quer proteger os portugueses da falsidade do governo e do aumento do preço dos combustíveis
    António Leitão Amaro frisou que o PSD quer que seja devolvido o que foi cobrado a mais em ISP.
21-06-2018
Sara Madruga da Costa assinala “hipocrisia, cinismo e oportunismo” do BE
    Em causa “a súbita alteração de posição” dos bloquistas em relação ao ISP.
21-06-2018
PSD defende a redução do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos
    Cristóvão Norte recordou que o governo não cumpriu a palavra dada e que a consequência são mais de 1000 milhões de euros a menos no bolso dos portugueses.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas