Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“O Estado falhou onde menos podia falhar: na segurança e proteção das pessoas”
Maurício Marques questionou o que levou o governo a alterar profundamente a estrutura de coordenação nacional e regional em cima da época dos fogos florestais.
No debate sobre "a segurança, a proteção e a assistência das pessoas no decurso do trágico incêndio de Pedrogão Grande", agendado pelo PSD, Maurício Marques enfatizou que “o Estado falhou”. “Num momento em que homens, mulheres e crianças precisaram do socorro do Estado, o Estado falhou”, afirmou o deputado.
De seguida, o parlamentar recomendou aos que consideram que “voluntariado é treta”, que revisitem os trágicos acontecimentos e vejam quem impediu que a tragédia fosse maior.
“O momento é de dor, temos que ser prudentes, mas temos também de ser coerentes, é tempo de ter vergonha. Em agosto de 2003, o líder do partido socialista na altura, nesta mesma sala dizia: «é preciso saber se é verdade ou não que, no domínio da coordenação, a chamada «reestruturação» foi feita à pressão, a exemplo de muitas das chamadas «reformas estruturais» que este Governo diz fazer e que depois demonstram, na prática, ao que conduzem, que é a este vazio total em matéria de resposta.» Eu acrescento: porque se alterou profundamente a estrutura de coordenação nacional e regional em cima da época dos fogos florestais?”
Já em 2015, recorda Maurício Marques, um atual deputado do BE dizia: «sabemos que as condições meteorológicas constituem uma variável importante no número de ocorrências de fogos florestais, mas não é legítimo responsabilizar apenas as condições meteorológicas como o governo está a tentar fazer». “Eu acrescento não é legítimo responsabilizar apenas a floresta. Essa já ardeu, quem mais assume as suas responsabilidades? Como alguém dizia, a incompetência do governo não pode encontrar justificação na meteorologia”.
Dirigindo-se à Ministra da Administração Interna o parlamentar frisou que “temos que reconhecer que o estado falhou. E falhou naquilo onde menos podia falhar, segurança e proteção pessoas e bens”.
A terminar, Maurício Marques enalteceu o trabalho e empenho de todos os nossos bombeiros, de todas as demais forças em presença, de todos aqueles que de forma anónima se organizaram, substituindo-se ao estado numa tarefa primordial.

29-06-2017 Partilhar Recomendar
18-10-2017
PSD desafia António Costa a apresentar Moção de Confiança
    A propósito dos incêndios, Hugo Soares criticou a “soberba, displicência e negligência” do Primeiro-ministro e desafiou-o a pedir desculpa aos portugueses.
18-10-2017
PSD manifesta o seu profundo pesar pelas vítimas dos incêndios
    Hugo Soares frisou que os sociais-democratas não estão disponíveis para “ficar na história como aqueles que nada fizeram”.
18-10-2017
Deputados do PSD reclamam contribuição para “reerguer o tecido económico e vida das pessoas” após incêndios devastadores
    Luís Montenegro, Amadeu Albergaria e Susana Lamas reuniram com o Comando Distrital de Operações de Socorro de Aveiro.
13-10-2017
PSD insiste na necessidade de se indemnizar as vítimas do incêndio de Pedrógão Grande
    Nuno Serra reafirmou a vontade dos sociais-democratas em acelerar o processo de reparação de danos àquelas populações.
13-10-2017
Pedrógão Grande: “o relatório aponta falhas técnicas e destas falhas devia resultar responsabilidades políticas”
    Carlos Abreu Amorim apelou à Ministra da Administração Interna e o Primeiro-Ministro que “assumam as responsabilidades e encerrem esta questão com dignidade”.
13-10-2017
Pedrógão Grande: “o tempo da lei da rolha e de sacudir a água do capote esgotou-se. É uma obrigação assumir as responsabilidades”
    Para Marques Guedes o trabalho levado a cabo pela comissão independente é uma “luz de esperança” que contrasta com o “triste passa-culpas”.
11-10-2017
Incêndios: Nuno Serra quer saber se o PCP se sente confortável com a atuação do governo
    O deputado lamentou que o governo tenha ignorado os alertas, terminado a fase Charlie e encerrado os postos de vigia.
19-07-2017
Pedrógão Grande: compete ao poder político estar à altura das respostas necessárias para repor a normalidade
    Carlos Abreu Amorim saudou o consenso alcançado com o PCP e CDS para a entrega de uma proposta que visa reconstruir aquele território e indemnizar os herdeiros das vítimas mortais e os feridos graves.
06-07-2017
Incêndios: PSD exige informação regular, atualizada e detalhada sobre a saúde dos bombeiros feridos
    Teresa Morais exige que o Governo preste informação atualizada sobre os bombeiros hospitalizados.
30-06-2017
Incêndios de Pedrógão Grande: Parlamento aprova proposta do PSD para criação de uma Comissão Técnica Independente
    Carlos Abreu Amorim frisou que hoje é inegável que as entidades que dependem do governo e “que se andam a digladiar com passa-culpas constantes não têm condições para realizar esta avaliação”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas