Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Alternativa à Nacional 14 é uma obra absolutamente estruturante, necessária e urgente
Jorge Paulo Oliveira lamentou que o governo das esquerdas tenha colocado este projeto na gaveta.
Jorge Paulo Oliveira levou, esta quinta-feira, a Estrada Nacional 14 e a necessidade de uma via alternativa a debate na Assembleia da República. Segundo o social-democrata falar da N14 é falar do principal eixo distribuidor de trânsito para acesso aos portos de mar, ao aeroporto e à rede transeuropeia de autoestradas, para as milhares de empresas. “É falar de uma das maiores concentrações de investimento direto estrangeiro. É falar de uma via que serve aproximadamente um milhão de pessoas. Que atravessa 30 polos industriais onde trabalham cerca de 128 mil pessoas. É falar de uma estrada que suporta diariamente 45 mil veículos, entre eles 6 mil camiões. Falar da N14 é falar de uma via completamente esgotada, insegura e intransitável”.
Tendo em conta este contexto, o social-democrata considera que a construção de uma alternativa viária assume-se como uma obra absolutamente estruturante, necessária e urgente. “Só com a sua construção será possível incrementar o elevado índice industrial situado a norte da Área Metropolitana do Porto e a sul do Vale do Ave”.
Depois de recordar que quando haviam fundos disponíveis e em abundância para o efeito, os governos socialistas do Engenheiro José Sócrates, preferiram outras estradas, outras autoestradas, outros investimentos. “Hoje, como se vê, muitos deles pouco ou nada utilizados. Foi o tempo das autoestradas sem carros e dos aeroportos sem aviões que tiveram o condão de endividarem fortemente o país. Em contrapartida foram esquecidas infraestruturas rodoviárias reprodutivas, facilitadoras do processo exportador e habilitadas a reduzir os custos de contexto das empresas. A alternativa à N14 é disso um bom exemplo”.
Em contrapartida, lembra o social-democrata, com o país a atravessar uma grave crise, o governo do PSD/CDS-PP tinha de encontrar, e encontrou, uma solução infraestrutural diferente da inicial, realista, concertada com os autarcas, menos custosa para o erário público, mas igualmente eficiente. “Por várias razões, a obra foi faseada na sua execução, uma solução que mereceu o aplauso generalizado dos autarcas, dos empresários e das populações. Ainda na vigência do anterior Governo do PSD/CDS-PP, a Infraestruturas de Portugal cabimentou, abriu concurso publico para a execução da primeira fase da obra e iniciou, inclusive, o processo de expropriações bem como os estudos e projetos para as demais fases. Infelizmente, com a tomada de posse do Governo de António Costa, de Catarina Martins e de Jerónimo de Sousa, cedo se percebeu que a maior barreira ao avanço desta importantíssima infraestrutura rodoviária, residia exatamente no próprio Governo”.
Acusando o governo de ter deixado cair a obra, Jorge Paulo Oliveira considerou que o “abandono” da construção da alternativa à N14 não é uma necessidade, não é fruto de nenhuma circunstância imponderável, não ocorre por nenhum impedimento técnico. “É apenas e tão só uma escolha, uma opção política deste governo, escolha e opção política que o governo, por fraqueza, não quer assumir”, rematou.

18-05-2017 Partilhar Recomendar
01-06-2017
PSD quer regular a atividade de transporte individual de passageiros a partir de plataformas eletrónicas
    Segundo Paulo Neves a proposta dos sociais-democratas irá defender o consumidor, quem trabalha e quem presta o serviço.
09-05-2017
PSD defende a reposição da normalidade na Linha Azul do metro de Lisboa
    Carlos Silva apresentou a iniciativa que visa repor a frequência dos comboios que servem as estações no Município da Amadora.
19-04-2017
Cortes do governo colocaram em causa a segurança ferroviária e rodoviária
    Luís Leite Ramos acusou o executivo de ter feito o maior corte no investimento público de que há memória.
30-03-2017
Via do Infante: PSD defende a suspensão de portagens durante as obras de requalificação da EN-125
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada pelo deputado Cristóvão Norte.
17-03-2017
Transportes: plataformas eletrónicas são bem-vindas e devem ser regulamentadas
    Paulo Neves frisou que o PSD vai apresentar uma proposta sobre esta matéria.
01-03-2017
Luís Leite Ramos “perplexo” com a atitude de um PCP que finge que é oposição
    O social-democrata colocou em evidência o “fingimento” dos comunistas.
24-02-2017
Municipalização da Carris é um “favor eleitoralista ao Presidente da Câmara de Lisboa”
    Carlos Silva lembrou que vão ser todos os portugueses a pagar esta vantagem eleitoral.
24-02-2017
“Alegada passagem da gestão da STCP para os municípios é o embuste político do ano”
    Na apreciação parlamentar desta municipalização, Paulo Rios de Oliveira considerou que o governo enganou a esquerda e que “a geringonça virou um saco de gatos”.
01-02-2017
Fátima Ramos apela ao Governo para que encontre uma solução urgente para o Ramal da Lousã
    A deputada considerou que as populações estão a passar por uma situação injusta fruto da irresponsabilidade da anterior governação socialista.
01-02-2017
Municipalização da Carris é “um favor eleitoralista ao Presidente da Câmara de Lisboa”
    Carlos Silva criticou a opacidade do Governo neste processo e recordou que “a dívida colossal” da Carris vai ser paga por todos os portugueses.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas