Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“O PCP e o BE estão a fazer ao PS aquilo que querem fazer às escolas: tirar a autonomia”
Segundo Luís Montenegro o PS está “refém do comunismo” e aceita “governar a qualquer custo”.
Segundo Luís Montenegro o atual o modelo de gestão das escolas foi implementado em 2008 por um governo do PS. Em 2012, adianta o líder parlamentar do PSD, esse modelo foi melhorado e aprofundado e os resultados são conhecidos e bons: a avaliação que se faz deste modelo é positiva. No debate sobre a iniciativa do PSD que visa reforçar o poder dos órgãos de gestão das escolas, o social-democrata frisou que esta proposta visa aperfeiçoar o modelo e com isso “reforçar a autonomia, a transparência e a credibilidade da gestão escolar. O objetivo é dar mais poder às escolas, assegurar a participação da comunidade local, dos pais às autarquias, das empresas ao movimento associativo. Seja na definição e constituição das turmas, seja na diferenciação pedagógica, seja assegurando a participação dos pais e encarregados de educação, seja no reforço das competências dos órgãos diretivos, a questão que se deve colocar é porque é que o Estado há de ter medo de dar esse poder e autonomia a quem está perto da realidade dos alunos”.
Frisando que o serviço público de educação precisa de qualidade e exigência, cultura de mérito, de garantir conhecimento sólidos e de desenvolver capacidades críticas, o líder da “bancada laranja”, acrescentou que a opção tem de ser nacional e não deve estar refém de complexos ideológicos ou interesses parcelares. “A opção é estratégica e estrutural, é verdadeiramente um desígnio nacional. Não precisamos de estar todos de acordo sobre tudo, mas não podemos abalar as traves-mestras deste modelo. O PS tem mesmo de se definir e dizer se rasga esta opção nacional e se cola à posição radical do PCP e BE, ou se tem a coragem de assumir o seu património. Se o PS desistir da opção nacional de contruir uma escola pública qualificada, competitiva, com autonomia, com exigência, com cultura de mérito, que possa promover a produtividade e competitividade do país, então a conclusão é simpres: este PS quer governar a qualquer custo. Este PS não olha para o futuro do país, olha apenas para o seu dia-a-dia”. Perante a postura assumida pelos socialistas, Luís Montenegro declarou que “o PCP e o BE estão a fazer ao PS aquilo que querem fazer às escolas: tirar a autonomia”.
A terminar, o social-democrata questionou ao PS se 44 anos depois da sua fundação vai aceitar ficar refém do comunismo, ou se vai ser fiel aos seus princípios e ter a coragem de se assumir, permitindo que o projeto do PSD possa ser discutido e assim continuar a melhorar o sistema público de educação.

05-05-2017 Partilhar Recomendar
18-07-2018
Deputada Manuela Tender participa em simpósio na Fundação Calouste Gulbenkian
    Em debate as Políticas Públicas para a Educação Inclusiva.
18-07-2018
Cantinas escolares: “quem apoia este governo tem de ser chamado à responsabilidade”
    Álvaro Batista considera que os partidos da esquerda falharam na obrigação de garantir alimentação de qualidade nas escolas.
18-07-2018
Firmino Pereira considera que o ensino público deve introduzir a oferta de apoio escolar e complemento curricular
    O deputado deu o exemplo do programa existente em Gaia e defendeu a sua generalização a todo o país.
13-07-2018
Educação: “o país assiste a um clima de instabilidade, de confrontação e de descrédito”
    Margarida Mano recordou que quem “prometia tranquilidade e motivação oferece hoje instabilidade e frustração”.
06-07-2018
Sociais-democratas contestam redução de turmas nos colégios de Fátima
    Os deputados do PSD levaram até ao Ministro da Educação o descontentamento da população com esta decisão.
15-06-2018
“O governo enganou os professores e mentiu ao Parlamento e ao povo português”
    Margarida Mano considera que o clima de instabilidade que se vive na educação resulta do comportamento de um “governo dissimulado nos fins, incompetente na ação e deliberadamente ambíguo nas palavras”.
05-06-2018
PSD desafia governo para “largo consenso” em matéria de natalidade
    Fernando Negrão considerou este “o maior problema do país” e lamentou o “vazio completo” de ideias por parte do executivo.
30-05-2018
Manuela Tender participou na VI Convenção Nacional de Educação
    A parlamentar reiterou o “empenho dos sociais-democratas na construção duma escola de todos e para todos”.
18-05-2018
“Este governo ficará conhecido como aquele que enganou os professores”
    Amadeu Albergaria considera que “chegou o tempo de os professores dizerem basta”.
18-05-2018
Deputados do PSD eleitos por Aveiro exigem requalificação urgente da escola secundária de Esmoriz
    Os parlamentares defendem a programação urgente da requalificação do estabelecimento de ensino, no âmbito do Portugal 2020.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas