Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD quer explicações do governo sobre refugiados que abandonam Portugal
Teresa Morais considera que “a integração de refugiados em Portugal tem falhas e essas falhas estão a ficar à vista”.
O PSD questionou o Governo sobre a duplicação do número de refugiados que abandonam Portugal, com Teresa Morais a alertar para “dezenas de crianças” refugiadas que desapareceram de centros de acolhimento.
Numa pergunta entregue esta quinta-feira na Assembleia da República, o PSD questiona as razões de, segundo notícias recentes, das 1.255 pessoas que foram acolhidas em Portugal, 474 terão abandonado as instituições, o que representa cerca de 40% do total.
Segundo a social-democrata essas pessoas terão usado Portugal como “uma espécie de passadeira para outros países da Europa” mais atrativos.
“O Governo nunca deu uma resposta clara, nem uma interpretação aceitável para este fenómeno”, acusou.
Para o PSD, esta movimentação demonstra que “a integração de refugiados em Portugal tem falhas e essas falhas estão a ficar à vista”.
No caso das crianças, a deputada Teresa Morais admitiu que “há alguns exemplos bem-sucedidos de integração no sistema educativo”, mas alertou para outra situação preocupante.
“É muito preocupante que de centros de acolhimento de refugiados desapareçam dezenas de crianças, a quem as autoridades portuguesas perderam literalmente o rasto, a quem as autoridades portuguesas não sabem o que lhes poderá ter acontecido”, afirmou, acrescentando que estas crianças “podem estar a ser objeto de exploração sexual, podem ter sido envolvidas em redes de tráficos de menores” e acusou o Governo não ter dado explicações suficientes sobre estes fenómenos.
Na pergunta hoje entregue no parlamento, o PSD quer conhecer as explicações do Governo para esta movimentação de saída, quantas as pessoas integradas em programas de formação profissional, quantas já tiveram acesso ao mercado de trabalho e quantas estão a aprender a língua portuguesa.
Por outro lado, os sociais-democratas querem saber que tipo de avaliação tem o Governo feito sobre o acolhimento praticado, as taxas de sucesso e como pretende melhorar.
“Em nosso entender, uma das falhas está na forma como as pessoas são colocadas. Muitos que vêm de meios urbanos têm sido colocados em meios rurais com os quais não se identificam, outros não tem tido acesso à aprendizagem de língua portuguesa ou formação profissional”, criticou Teresa Morais.

27-04-2017 Partilhar Recomendar
26-10-2018
Projeto do BE que cria os Juízos de Violência Doméstica “é inconstitucional”
    Segundo Carlos Abreu Amorim estamos perante “um desacerto jurídico e um equívoco político”.
26-10-2018
“A violência doméstica é um crime que ainda beneficia de alguma tolerância social”
    Sandra Pereira enfatiza que são necessárias mais ações de formação para as entidades que acompanham as vítimas e políticas abrangentes que ajudem na prevenção deste crime.
11-10-2018
Brexit: governo assume a “postura da cigarra”
    A crítica foi feita por Rubina Berardo, que desafiou ainda o Primeiro-Ministro a procurar junto dos parceiros europeus apoio para a comunidade portuguesa na Venezuela.
10-10-2018
António Ventura acusa o governo de ignorar as Regiões Ultraperiféricas
    O social-democrata quer saber se este é um esquecimento propositado ou se resulta do desleixo do executivo.
12-07-2018
Nilza de Sena reeleita presidente da Comissão de Assuntos Económicos da OSCE
    A deputada do PSD foi ainda nomeada Vice-Presidente do PPE na OSCE.
12-07-2018
Inês Domingos acusa o governo de não estar empenhado na reforma da união económica e monetária
    A deputada considera que este é um tema fundamental para Portugal por causa da fragilidade que resulta de termos um sistema bancário ainda com muitas dificuldades.
12-07-2018
BREXIT: é fundamental que o governo português acompanhe as negociações de forma a salvaguardar os nossos interesses
    Carlos Gonçalves enfatiza que os cerca de 400 mil portugueses que ali residem devem merecer uma atenção especial do executivo.
12-07-2018
Autodeterminação da Identidade de Género: processo não pode ser feito ao arrepio de valores de segurança e certeza jurídica
    Sandra Pereira considera que o que está em causa é a implementação de uma agenda fraturante promovida pela esquerda radical.
12-07-2018
Identidade de género: “proposta do PSD é a mais moderada, equilibrada e acertada”
    Carlos Peixoto refere que nem após o veto presidencial o Governo, BE, PAN e PS conseguiram encontrar uma resposta sensata e completa.
20-06-2018
Fernando Negrão desafia António Costa a acabar com “o discurso amável e subordinado”
    Perante o anúncio de cortes nos fundos comunitários, o líder parlamentar do PSD exigiu uma posição firme por parte do governo português.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas