Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Floresta: propostas do governo são uma afronta aos cidadãos, aos proprietários, aos investidores e às associações
Nuno Serra apelou ao Presidente da República para evitar que o governo destrua o setor com estas leis.
No debate de várias iniciativas do governo sobre a floresta, Nuno Serra foi perentório a afirmar que estes diplomas não constituem uma reforma florestal. “Não são a reforma para uma geração, nem para uma década. São sim, uma afronta à floresta porque lhe retira competitividade e produtividade. Mas são também uma afronta aos cidadãos, aos proprietários, aos investidores, às associações do sector e até aos partidos que o suportam o governo porque todos fizeram as suas sugestões e o Sr. Ministro desprezou tudo e todos desconsiderando essas contribuições não fazendo qualquer alteração de substância. E são também uma afronta aos mais de 400 mil proprietários que se veem impedidos de poder ser mais competitivos, de poder rentabilizar os seus terrenos porque o Sr. Ministro preferiu ceder aos Verdes do que permitir mais investimento no setor. E são também uma afronta aos territórios de baixa densidade que irão aumentar as desigualdades para o litoral porque o Sr. Ministro permite transferir as áreas de eucaliptos em zonas menos produtivas do interior para terras mais produtivas no litoral, motivando o abandono dessas terras e a desertificação do interior”.
Tendo em conta este cenário, o Vice-Presidente da bancada do PSD disse ao Ministro que “chega de propaganda. Chega de encenações a fingir que pretende consensos em torno de uma política florestal. Esta pseudorreforma foi feita de costas voltadas para o sector florestal. Foi feita contra os proprietários. Não valoriza as propriedades, nem garante a sustentabilidade da produção florestal”.
Dirigindo-se ao governante, o social-democrata frisou que está na de assumir as suas responsabilidades. “O Sr. Ministro será o responsável por: proibir novas plantações de eucaliptos; secundarizar o papel das associações florestais; limitar o investimento e o crescimento do sector florestal e empobrecer o mundo rural”.
Com o intuito de evitar tal situação, Nuno Serra concluiu a sua intervenção apelando ao Presidente da República para que possa garantir que este tão importante setor não seja destruído com estas leis.

20-04-2017 Partilhar Recomendar
19-07-2017
PSD defende a conciliação do rendimento da floresta com a promoção de bolsas de biodiversidade
    Nuno Serra afirmou que não é descriminando uma espécie que se combaterá a falta de prevenção florestal.
30-06-2017
“Este é o governo da propaganda e do faz de conta”
    Maurício Marques acusa o executivo e o PS de só se lembrarem da floresta quando ela arde.
30-06-2017
Floresta: Nuno Serra lamenta a falta de horizontes de quem só viu uma oportunidade política a muito curto prazo
    O Vice-Presidente da bancada do PSD frisou que o governo trocou o futuro da floresta por um acordo para governar.
30-06-2017
Se a atividade florestal gerar rendimento ela será atrativa e isso diminuirá o risco de abandono a que o nosso território está hoje sujeito
    Luís Pedro Pimentel acusa os partidos que apoiam o governo de estarem a fazer um debate “desfasado da realidade e longe das necessidades da floresta”.
30-06-2017
Governo apresenta reformas de “fazer de conta” e implementa Programas que são “Engana-Meninos”
    José Carlos Barros acusa o executivo de deixar ao abandono as zonas de baixa densidade.
22-06-2017
Pedrógão Grande: o País não esteve à altura da confiança dos portugueses
    Para José Matos Correia importa proceder a “um apuramento exaustivo daquilo que se terá passado” e, assim, “honrar a memória daqueles nossos compatriotas” e “garantir que este drama não mais se repetirá”.
22-06-2017
Pedrógão Grande: “a situação é premente e as respostas terão de ser urgentes”
    O líder parlamentar do PSD escreveu aos partidos a pedir consenso para comissão independente sobre incêndios.
20-04-2017
“A floresta, os proprietários e os agentes do sector mereciam mais respeito do governo e da maioria que o suporta”
    Segundo Maurício Marques as medidas do executivo levam a um maior abandono da floresta.
20-04-2017
Incêndios: Governo não fez nada para evitar que o flagelo de 2016 se repita
    A acusação foi deixada por Álvaro Batista no debate sobre a floresta.
20-04-2017
Pedro do Ó Ramos destaca sucesso do Banco de Terras
    O deputado referiu que o Ministro da Agricultura não consegue esconder a frustração de ter sido o governo PSD-CDS a criar este mecanismo.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas