Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“A descentralização deve ser feita de forma ponderada e coerente”
Bruno Coimbra avisou o executivo que esta reforma não pode avançar de forma “desgarrada ou aos bochechos”.
A meio do Debate de Urgência sobre "Áreas protegidas classificadas", Bruno Coimbra considerou que há dois pontos que já ficaram claros no debate. Refere o deputado que “a descentralização é um processo importante demais para ser feito de forma desordenada e sem estratégia”. Tendo em conta a importância desta matéria, o parlamentar frisou que “o PSD tem nesta matéria uma posição muito clara e construtiva e se o Governo dá sinais de querer avançar só terá de o fazer de forma correta e consistente para que tal aconteça”. Lamentando que isso não se tenha verificado, Bruno Coimbra alertou o Ministro do Ambiente que “uma descentralização coerente e capaz não se faz a várias velocidades, por caminhos contraditórios, ou por carreiros e atalhos”.
Depois de acusar o governo de pretender desfazer o que outro governo socialista fez, o social-democrata focou-se no segundo ponto que considera ter ficado claro no debate: “a maioria de esquerda que suporta o governo, a tal maioria estável e consistente que o Primeiro-Ministro afirma ter, é uma maioria que não o apoia verdadeiramente, que olha os autarcas e o Poder Local com desconfiança, uma maioria que não aceita que os autarcas são capazes de assumir estas ou outras funções, desde que lhes sejam garantidas condições para tal”.
Tendo em conta este cenário, Bruno Coimbra conclui afirmando que “a descentralização é fundamental para o país mas se for feita de forma ponderada, coerente e não desgarrada ou aos bochechos”.

02-03-2017 Partilhar Recomendar
07-02-2018
Descentralização: também nesta matéria a palavra dada não foi palavra honrada
    Jorge Paulo Oliveira afirmou que o governo do PS está prisioneiro da esquerda mais radical que não quer a descentralização.
24-01-2018
Berta Cabral: “descentralização é um desígnio nacional”
    A deputada lamentou os atrasos do governo e garantiu aos municípios que o PSD os vai defender.
05-01-2018
Alojamento local: tudo faremos para que a esquerda não estrague uma atividade de sucesso
    Berta Cabral lembrou que este setor tem contribuído para o crescimento económico, criação de emprego, fixação de pessoas nos seus territórios e para a reabilitação urbana.
19-12-2017
PSD responde ao apelo das freguesias de Aves e Lordelo
    Emídio Guerreiro apresentou a iniciativa dos sociais-democratas referente à alteração dos limites territoriais destas freguesias.
24-11-2017
Jorge Paulo Oliveira faz um balanço positivo do Fundo de Apoio Municipal
    O parlamentar deu seguimento às sugestões da Associação Nacional de Municípios e apresentou a proposta que visa dar ao governo a possibilidade de apresentar uma nova proposta de revisão deste Regime.
22-11-2017
Autarquias: o governo descentralizou despesas e centralizou receitas
    De acordo com Berta Cabral o executivo incumpre a Lei das Finanças Locais em 74 milhões de euros.
11-10-2017
“PSD defende intransigentemente a descentralização”
    Berta Cabral apelou a “uma descentralização responsável que confira as condições para os autarcas exercerem convenientemente as suas responsabilidades”.
01-06-2017
Luís Leite Ramos reeleito Relator Geral dos Poderes Locais e Regionais do Conselho da Europa
    O deputado do PSD vai ter como missão acompanhar as iniciativas do Conselho da Europa e de outras instituições europeias no domínio da democracia local e regional.
07-04-2017
Jorge Paulo Oliveira recorda que o Parlamento nunca legislou sobre a transferência de uma freguesia de um concelho para outro
    A afirmação foi proferida no debate de duas petições relativas à localização da freguesia de Milheirós de Poiares.
30-03-2017
Sociais-democratas querem acabar com a discriminação entre trabalhadores que exercem funções públicas
    Segundo Sara Madruga da Costa neste momento assiste-se a uma desigualdade de tratamento e a uma discriminação entre trabalhadores avaliados e trabalhadores não avaliados.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas