Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Criação de um Dia Nacional da Anemia deve ser considerada como uma possibilidade séria”
José António Silva destacou ainda a importância de sensibilizar os profissionais de saúde para a importância do diagnóstico precoce da anemia.
O Parlamento apreciou, esta quarta-feira, uma Petição que defendia a criação do Dia Nacional da Anemia. Saudando a iniciativa dos peticionários, José António Silva recordou que esta petição surge na sequência de um estudo epidemiológico levado a efeito pelo Anemia Working Group Portugal que aponta para uma prevalência da patologia, classificável de problema de saúde pública, pois revela que há uma incidência em 20% da população e 84% que não sabe se sofre da doença. “Assim, os peticionários consideram que a definição de um dia específico para abordar esta patologia constitui uma ferramenta essencial para reduzir a taxa de incidência da anemia na população portuguesa mas também e ainda é uma forma de consciencializar a população para este problema, população que independentemente da idade deve recorrer ao médico de família para um diagnóstico precoce da doença”.
Recordando que a Organização Mundial de Saúde tem dias internacionais dirigidos a várias situações de doença, não estando divulgado nenhuma comemoração tida como dia Internacional da Anemia, o social-democrata referiu que o Ministério da Saúde afirmou que poderá justificar-se a criação do dia Nacional da Anemia como forma de alertar a população em geral para os sintomas da doença, bem como para as intervenções terapêuticas disponíveis.
Tendo em conta este contexto, o parlamentar frisou que para o PSD importa sobretudo sensibilizar os profissionais de saúde para a importância do diagnóstico precoce da anemia. “Entendemos igualmente que a criação de um Dia Nacional da Anemia deve ser considerada como uma possibilidade séria no contexto da política coerente de definição de dias nacionais que ao Estado cabe prosseguir”, concluiu.

01-03-2017 Partilhar Recomendar
04-10-2017
Hugo Soares acusou António Costa de liderar o “governo da desresponsabilização”
    O líder parlamentar do PSD lastimou a forma como o Primeiro-Ministro se desresponsabiliza de todos os casos.
19-07-2017
PSD recomenda ao Governo o reforço das respostas para a Saúde Mental
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada pela deputada Ângela Guerra.
12-07-2017
Ministro da Saúde vive do trabalho do anterior governo
    Miguel Santos lembrou ao governante que os resultados anunciados são fruto das políticas implementadas pelo seu antecessor.
06-07-2017
Fátima Ramos lamenta “guerrilha” da esquerda no debate sobre os direitos das pessoas doentes em fim de vida
    A deputada desafiou os partidos a deixarem de olhar para o passado e começarem a preparar um futuro melhor.
06-07-2017
Ângela Guerra destaca a importância da formação de profissionais de saúde em cuidados paliativos
    A deputada enfatizou ainda que é crucial uma aposta no desenvolvimento da rede de cuidados paliativos.
06-07-2017
Doentes em fim de vida: segundo Ricardo Baptista Leite “não estamos a fazer tudo” para evitar o sofrimento destas pessoas
    O deputado considera que as leis em vigor não resultam.
06-07-2017
Saúde: montante dos pagamentos em atraso dos hospitais aumentou 44%
    Simão Ribeiro acusou o governo de ter aumentado a dívida do SNS em 2 mil milhões de euros.
06-07-2017
Isaura Pedro destaca a importância do acompanhamento psicológico que os profissionais de saúde fazem aos pacientes com prognóstico de vida limitado
    O cumprimento foi deixado no debate sobre os direitos destes doentes.
14-06-2017
Balanço da política de saúde das “esquerdas unidas”: “descontrolo, desinvestimento e desespero”
    Luís Montenegro referiu que com o regresso do PS ao governo regressaram os calotes.
14-06-2017
Governo PSD aumentou em 25% a quota de mercado dos genéricos. Atual governo apenas 0,3%
    Luís Vales refere que esta estagnação não contribui para a sustentabilidade do SNS, afeta negativamente as empresas que os produzem e prejudica os doentes mais desfavorecidos.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas