Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
António Costa Silva reafirma que o PSD é contra a produção de energia nuclear em Portugal
O parlamentar recordou ainda a oposição dos sociais-democratas ao prolongamento da licença de exploração da Central Nuclear de Almaraz.
António Costa Silva recordou, esta sexta-feira, que o PSD, ao longo de muitos anos, manifestou-se contra a produção de energia nuclear em Portugal. No debate do Projeto de Resolução do PEV que visa impedir o recurso à energia nuclear, o social-democrata frisou que o PSD teve sempre uma posição “claríssima” em relação a esta matéria, como ficou comprovado na recente posição e iniciativas em relação ao prolongamento da Central Nuclear de Almaraz.
Focando-se na iniciativa, o parlamentar recordou que a sua aprovação seria uma decisão unilateral perante acordos internacionais que o Estado português estabeleceu, seria interferir diretamente no mercado ibérico de energia, seria ir contra as regras europeias com que nos comprometemos. “Se aprovássemos esta iniciativa significaria que estaríamos a intervir em decisões de um Estado soberano, como é o caso do Estado espanhol. Indo por este caminho entraríamos no campo do isolacionismo de Portugal”, adiantou.
A terminar, António Costa Silva considerou que o modelo ibérico, que tem sido benéfico para Portugal, seria gravemente atingido. “Para quem como Portugal quer exportar energia elétrica para a Europa encontraria uma barreira totalmente levada. Pergunta-se ao PEV se avaliou bem estas questões, estará o PEV disponível para colocar em causa o modelo ibérico de produção e comercialização de energia? Sinceramente parece-nos uma proposta totalmente ineficaz e com esta ideia estaríamos a transformar Portugal numa verdadeira jangada de pedra”, concluiu.
17-02-2017 Partilhar Recomendar
03-07-2019
Rendas da Energia: foi preciso esperar por 2012 para um governo intervir
    Emídio Guerreiro lembra que foram mais de 2 mil milhões de euros os cortes impostos pelo governo liderado pelo PSD.
03-07-2019
Foi o governo liderado pelo PSD o primeiro a identificar e cortar as rendas da energia
    No rescaldo da Comissão de Inquérito, Jorge Paulo Oliveira afirmou que ficou comprovado que as rendas tiveram origem nas governações socialistas.
02-07-2019
Lítio: governo preparou um plano nas costas da população
    Liliana Silva acusou o governo de colocar “Portugal à venda”.
18-06-2019
Fernando Negrão acusa António Costa de “não ser um Primeiro-Ministro para o povo”
    O líder parlamentar do PSD destacou ainda a “falta de transparência” do governo no processo de reconstrução das casas atingidas pelos incêndios.
12-06-2019
“A cada minuto 7 mil pontas de cigarro são atiradas para o chão em Portugal”
    Chocada com o número, Berta Cabral enfatizou que “a prevenção é a palavra chave no âmbito da defesa do ambiente”.
05-06-2019
“O combate às alterações climáticas e a descarbonização da economia não se compadecem com narrativas nem propagandas”
    Bruno Coimbra lamentou que o governo tenha decidido abrandar o caminho e reverter e afrouxar o ímpeto reformista imposto pelo anterior governo.
05-06-2019
Passes sociais: uma boa medida, com um mau modelo
    António Costa Silva enfatizou que não é por se repetir muitas vezes a mentira de que o PSD é contra os passes sociais que essa mentira se torna verdade.
05-06-2019
PSD vai apresentar ao país um plano de emergência para o setor dos transportes
    Carlos Silva sublinhou que os sociais-democratas pretendem dar resposta à degradação do serviço público de transporte de passageiros.
24-05-2019
Declaração de Voto do PSD na Comissão Parlamentar de Inquérito ao Pagamento de Rendas Excessivas aos Produtores de Eletricidade
   
15-05-2019
Ambiente: preferir os anúncios ao desempenho e a propaganda à ação só pode trazer maus resultados no futuro
    Bruno Coimbra deixou o alerta: “Portugal está na primeira fila dos países europeus que são e serão mais afetados pelas alterações climáticas”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas