Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Postura da esquerda no debate sobre os Direitos das Pessoas Idosas foi “chocante” e “deprimente”
Luís Montenegro criticou duramente os partidos que suportam o governo afirmando que “estão embriagados com o poder que têm hoje de poder chumbar tudo”.
No encerramento do debate de várias iniciativas do PSD sobre a Defesa e Promoção dos Direitos das Pessoas Idosas, Luís Montenegro recordou que era intenção do PSD fazer um debate pela positiva, em que fosse abordado este tema tão importante para muitos dos nossos concidadãos e para a organização da nossa sociedade.
Na base deste debate, adianta o líder parlamentar do PSD, estiveram algumas iniciativas legislativas do PSD que pretendiam a criação Plano Nacional de Ação para o Envelhecimento Positivo, a criação de Conselhos Municipais Seniores, a inclusão do estudo da Dor e da Geriatria nos programas curriculares dos cursos de saúde e a Valorização e Regulamentação das Universidades Seniores. “Todos estes projetos vêm na sequência de uma estratégia que foi aprovada em agosto de 2015 e depois do PSD ter proposto iniciativas legislativas que visavam criminalizar comportamentos como o abandono das pessoas idosas e que visavam agravar a penalização de violência física e psíquica contra os idosos, projetos que foram chumbados pelos partidos que apoiam o Governo”. Quando as forças que apoiam o governo chumbaram esses primeiros projetos, recorda o social-democrata, disseram que o faziam para ganhar tempo para o governo fazer chegar ao parlamento essa legislação. “Mas agora, 14 meses depois de este governo entrar em funções, os partidos que o suportam preparam-se para, mais uma vez, chumbar iniciativas e recomendações que são dadas ao governo em matéria de proteção dos direitos dos idosos. A forma como trataram este debate, com displicência, sem quererem discutir o âmago das propostas, querendo estar permanentemente a olhar para o passado. Chega a ser chocante a forma como os deputados que apoiam este governo menorizam a discussão de temas importantes. Os partidos que suportam o governo estão embriagados com o poder que têm hoje de poder chumbar tudo”.
Criticando duramente a postura da esquerda parlamentar, Luís Montenegro considerou que “é deprimente que tenham conduzido todo o debate não para falar das propostas em cima da mesa, não para trazerem as suas propostas, mas para falarem do tema das pensões, quase que dizendo que olham para a sociedade portuguesa, veem as pessoas que têm mais de 65 anos e querem-lhes dizer que «estamos aqui para tratar da sua pensão e queremos em resposta o seu voto». Esta concentração de tudo aquilo que é uma política para a organização de uma sociedade vista com esta perspetiva é democrática e politicamente deprimente”.
A terminar, o líder da “bancada laranja” enfatizou que “é chocante a forma como os partidos que apoiam o governo se comportam no parlamento. Quase que disseram que nós não podíamos discutir este tema, que nós não podíamos trazer respostas, quase que disseram que nós não podíamos olhar para as pessoas com mais de 65 anos e proporcionar um edifício legislativo que valorize a sua vivência e participação cívica. O Dr. António costa não trouxe à Assembleia o retrovisor para a deputada Assunção Cristas, mas às escondidas acho que ele ofereceu a cada deputado que se senta na bancada do PS, PCP e BE um retrovisor, porque eles só olham para trás”.

13-01-2017 Partilhar Recomendar
09-02-2018
Carlos Abreu Amorim apresenta iniciativas do PSD com vista à proteção das pessoas idosas
    O deputado considera ser crucial dar respostas adequadas à realidade em que vivemos.
07-02-2018
Governo do PS atribui uma “total irrelevância” às políticas direcionadas aos idosos
    Teresa Morais recordou que a “coligação negativa” de esquerda chumbou todas as iniciativas de proteção e promoção dos direitos dos idosos apresentadas pelo PSD.
01-02-2017
Eutanásia: debate deve ser feito com seriedade e sem clivagens político-partidárias
    Carlos Abreu Amorim frisou que este é um debate que deve envolver a sociedade portuguesa.
13-01-2017
PSD apresenta propostas pela Defesa e Promoção dos Direitos das Pessoas Idosas
    Teresa Morais explicou as iniciativas dos sociais-democratas que visam promover o envelhecimento positivo e uma cultura de participação das pessoas idosas.
02-06-2016
“O PSD considera que as pessoas com mais de 60 anos devem ser valorizadas e apoiadas”
    Feliciano Barreiras Duarte salientou o empenho do PSD em ter estas matérias como prioritárias na agenda política.
02-06-2016
Não vemos qualquer estratégia do Governo para a promoção do envelhecimento ativo
    Mercês Borges considera que o Estado tem que saber corresponder às novas expectativas e necessidades dos cidadãos idosos.
02-06-2016
Governo PSD alargou a rede de cuidados continuados integrados em cerca de 50%
    Ângela Guerra quis saber se o PS se vai juntar à extrema-esquerda no ataque ao sector social.
02-06-2016
Helga Correia lamenta que a esquerda radical não valorize as entidades do setor social e solidário
    A deputada realçou o papel relevante assumido por estas entidades.
02-06-2016
Margarida Balseiro Lopes defende a valorização do papel das Universidades Seniores
    A deputada anunciou que o PSD apresentará brevemente uma iniciativa legislativa nesse sentido.
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas