Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Sociais-democratas eleitos pelo Porto visitaram o Mosteiro da Leça do Balio e o Complexo de Tongóbriga
Os deputados anunciaram que vão pedir ao Governo mais funcionários na Estação Arqueológica de Tongóbriga e exortaram a Câmara de Matosinhos a apresentar uma candidatura para obras no mosteiro de Leça.
No âmbito das Jornadas do Património e da Cultura, iniciativa organizada pelo Grupo Parlamentar do PSD, os deputados sociais-democratas eleitos pelo Porto visitaram o Mosteiro da Leça do Balio e o Complexo de Tongóbriga, em Marco de Canaveses.
No que respeita ao Mosteiro da Leça do Balio, os sociais-democratas exortaram a Câmara de Matosinhos a apresentar uma candidatura para a recuperar a torre do Mosteiro, por estar em mau estado de conservação. Tendo constatado a degradação que apresenta esta torre, a coordenadora dos parlamentares sociais-democratas daquele distrito, Emília Santos, afirmou justificar-se que a intervenção no Mosteiro de Leça do Balio se faça por iniciativa da Câmara de Matosinhos. "Essas obras estão identificadas no mapeamento das infraestruturas, mas não há ainda nenhuma candidatura", frisou. A deputada aconselhou aquela autarquia da Área Metropolitana do Porto a seguir o exemplo da Câmara de Marco de Canaveses, quando apresentou uma candidatura no valor de 600.000 euros que permitiu, em articulação com a administração central, realizar vários melhoramentos em Tongobriga. Nessa intervenção, recentemente inaugurada, a autarquia local assumiu metade da componente nacional do investimento realizado.
No caso de Leça do Balio, Emília Santos recordou que o monumento está incluído na Rota dos Caminhos de Santiago, no âmbito da qual tem havido "um conjunto de municípios portugueses e galegos que apresentaram candidaturas".
Nos últimos quatro anos, acrescentou, a igreja daquele mosteiro beneficiou de alguns melhoramentos, no valor de 100.000 euros, oriundos do Orçamento do Estado, "mas falta a torre, que está em mau estado de conservação e precisa de algumas obras de requalificação".
No que respeita ao Complexo de Tongóbriga, os deputados do PSD comprometeram-se a apresentar uma recomendação ao Governo para o reforço de colaboradores da estação arqueológica de Tongóbriga, em Marco de Canaveses, considerado insuficiente para as necessidades.
Emília Santos disse ter sido informada que o quadro de pessoal (10 colaboradores) se mantém desde que, há 30 anos, foi instituído aquele Monumento Nacional, que afirmou ser o maior do país em termos de área (50 hectares).
"Há um conjunto de necessidades que foram sentidas com a construção de novos equipamentos, mas o mapa de pessoal é mesmo. Para além disso, este pessoal que trabalhava 40 horas passou a trabalhar 35", apontou a deputada.
Emília Santos referiu ter sido informada pelos responsáveis da estação arqueológica haver necessidade de ser contratado um arqueólogo e vários assistentes operacionais.
"Este Monumento Nacional [cidade romana edificada entre o final do séc. I e o início do século II], é uma obra viva, porque o complexo de ruínas está em escavação", comentou, a propósito das necessidades de reforço do pessoal.
A situação só não é mais difícil, assinalou, porque a Estação Arqueológica do Freixo "tem a feliz sorte de ter cá a escola profissional, que vai dando um apoio que é importante".
"Se calhar, alguns alunos trabalham aqui de uma forma abnegada para zelar por este património, mas o mapa de pessoal tem de ser revisto obrigatoriamente", concluiu.
02-11-2016 Partilhar Recomendar
06-07-2018
Touradas: quadro legislativo é adequado e atual
    Joel Sá declarou que os sociais-democratas consideram que “não é oportuno fazer alterações” à atual Lei.
17-05-2018
PSD quer que o governo dê continuidade às obras de restauro do Mosteiro de Santa Maria de Semide
    Os sociais-democratas apresentaram um Projeto de Resolução nesse sentido.
10-04-2018
PSD quer ouvir administração do Hospital de S. João e vai confrontar Centeno com queixas no SNS
    Em causa os atrasos na construção da nova ala pediátrica do Hospital S. João que leva a que crianças com cancro estejam a ser tratadas no corredor.
06-04-2018
O modelo criado pelo governo de apoio financeiro às artes fracassou
    José Carlos Barros lembrou que o orçamento da cultura em 2016 foi inferior ao do governo liderado pelo PSD.
06-04-2018
“Quem decide na Cultura é o Ministro das Finanças e o Primeiro-Ministro”
    Margarida Mano considera que o Ministro da Cultura não tem qualquer poder.
05-04-2018
Cultura: governo não honrou a palavra dada
    Fernando Negrão saudou os agentes culturais por terem desencadeado a maior onda de contestação na Cultura das últimas décadas.
21-03-2018
“O Ministério da Cultura parece estar fechado para obras”
    José Carlos Barros elencou um conjunto de problemas que afetam o setor e que se agravam com a inação do Ministro.
09-03-2018
Luís Marques Guedes acusa o Estado de incúria e inação em relação ao Forte de Santo António da Barra
    O deputado defendeu a transferência da gestão deste Forte para a competência do Município de Cascais.
22-02-2018
Acordo Ortográfico: governo continua a fazer de conta que não há nada para discutir
    José Carlos Barros recordou que o PSD entende que há muito a discutir e que por isso propôs a criação de um Grupo de Trabalho sobre esta matéria.
09-02-2018
PSD defende a salvaguarda do património sonoro, musical e radiofónico português
    Helga Correia apresentou o Projeto de Resolução do PSD.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas