Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Ignorar os problemas demográficos seria um erro que custaria muito caro ao país
Amadeu Albergaria afirmou que as matérias da demografia, natalidade e família dizem respeito ao nosso futuro coletivo.
No encerramento do debate sobre demografia, natalidade e família, Amadeu Albergaria sublinhou que estas matérias dizem respeito ao nosso futuro coletivo. “São um problema que tem se ser atacado de imediato sob pena de se agudizar ainda mais e provocar, a médio prazo, sacrifícios desnecessários às atuais gerações e às gerações futuras. Temos que usar o presente para salvaguardar o futuro. Não podemos ignorá-lo. Isso seria um erro que custaria muito caro. Não podemos usá-lo como arma de arremesso político. Os portugueses não o merecem. Não podemos ficar pelos discursos, sem passarmos com urgência à prática. Em cada dia que passa sem nada ser feito o problema aumenta”.
De seguida, o Vice-Presidente da bancada do PSD referiu a ação é urgente e os partidos têm a obrigação de assumirem estes temas como prioritários. “É sabido que o PSD os tem como uma prioridade. Realizou em 2013 as Jornadas da Família, neste Parlamento, e no seu Congresso de Lisboa, em Fevereiro de 2014, sinalizou este tema como um dos principais da sua agenda política. Na altura, recordo-me da desvalorização que alguns fizeram do tema, analisando o Congresso. Nada mais errado. O tempo veio a dar-nos razão e o PSD como grande partido personalista e humanista esteve, uma vez mais, na antecipação de um problema e na consequente tomadas de medidas para o enfrentar”.
Com esse intuito, recorda o social-democrata, o PSD desafiou a sociedade civil para que elaborasse um relatório, que mais do que fazer diagnóstico avançasse com medidas sectoriais concretas, o que aconteceu com a realização e publicação do relatório “Por um Portugal amigo das Crianças, das famílias e da natalidade 2015- 2035 – Remover obstáculos à natalidade desejada”, coordenado pelo Professor Doutor Joaquim Azevedo.
A terminar, Amadeu Albergaria declarou que até aqui o percurso foi relativamente positivo: “foram tomadas algumas medidas importantes, o assunto entrou na agenda política e é hoje uma preocupação de todos os portugueses. Mas o problema está longe de ser resolvido. Se soubermos construir uma estratégia integrada, capaz de mobilizar todos os setores da sociedade portuguesa, talvez um problema que se agiganta perante nós possa ser resolvido. O PSD cá estará, como sempre, para ser parte da solução”.

05-05-2016 Partilhar Recomendar
10-05-2019
António Costa revelou a sua falta de sentido de Estado e de responsabilidade
    Fernando Negrão sustentou ainda que “confiar ao PS a garantia das boas contas é como confiar à raposa a guarda do galinheiro”.
10-05-2019
Professores: proposta do PSD traduzia um firme compromisso de responsabilidade e de confiança do país para com a educação
    Em sentido contrário, lamenta Margarida Mano, temos um PS que considera “ludibriar as pessoas um talento digno de elogio”.
08-05-2019
Demografia: mais do que alterações pontuais, devemos procurar fazer uma abordagem transversal e integrada
    Susana Lamas apelou a um debate sério, “pois é o nosso futuro coletivo que está em causa”.
08-05-2019
Pedro Pimpão: “estamos perante uma crise encenada, uma farsa”
    O deputado acusou o governo de ter instrumentalizado os professores por mero “tacticismo político”.
08-05-2019
“António Costa pretende acabar a Legislatura como a começou: com um golpe parlamentar”
    Adão Silva sublinhou que para o PSD “o equilíbrio das contas públicas é inegociável”.
08-05-2019
Para o governo o PCP passou a ser um “zero à esquerda”
    Álvaro Batista considera que se trata de uma “desconsideração” por um partido que tem sido “muleta do governo”.
08-05-2019
“António Costa quis desviar as atenções dos portugueses do que verdadeiramente lhes está a correr mal”
    Germana Rocha fala em “golpe palaciano”.
03-05-2019
Apoio à parentalidade: o interesse das famílias deve prevalecer
    Apesar de lamentar a não aprovação de algumas das propostas do PSD, Clara Marques Mendes sublinhou que este é um processo com que o Parlamento se deve congratular.
16-04-2019
Pedro Alves acusa o governo de querer discriminar os professores
    O deputado lembra que o executivo enganou deliberadamente os professores.
16-04-2019
Professores: PSD defende a contabilização integral do tempo de serviço congelado
    Margarida Mano assume que este é o compromisso de governo que os sociais-democratas estão prontos para assumir a partir de outubro.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas