Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
José Manuel Canavarro saúda proposta do Governo que visa assegurar a sustentabilidade do regime de pensões
O social-democrata considera que esta é uma marca civilizacional que importa manter.

No debate da Proposta de Lei do Governo que procede à primeira alteração à Lei que aprova as bases gerais do sistema de segurança social, José Manuel Canavarro reconheceu que a matéria em causa não é fácil e defendeu que as decisões devem ser tomadas perspetivando o que aí virá e não o que nos está a bater à porta.

Segundo o parlamentar as alterações em questão têm por base a situação demográfica do País a e sustentabilidade do regime de pensões. “E são muitos os desafios que o sistema de pensões tem de enfrentar: em primeiro lugar um desafio financeiro, porque a sua sustentabilidade não pode comprometer o equilíbrio financeiro do sistema; em segundo lugar social, porque a sustentabilidade tem de garantir níveis adequados de substituição de rendimentos aos pensionistas; em terceiro lugar económica, porque a sustentabilidade do sistema não pode comprometer a competitividade nacional e a capacidade de criar emprego”. De acordo com o parlamentar, os desafios elencados resultam das perturbações existentes na demografia e na economia.

De seguida, o parlamentar frisou que o modelo defendido pelo Executivo é o que vigora em vários países europeus e afirmou que o PSD está convencido que o impacto estimado pelo modelo de pensões a longo prazo decorrentes das alterações propostas permitirá atenuar o défice do saldo do sistema e esse é o garante de que o sistema tem futuro.

A terminar, José Manuel Canavarro admitiu que o que a Proposta do Governo propõe não é popular, “mas trata-se de resolver o futuro, sustentar um regime de pensões que é uma marca civilizacional, de o tornar ajustado às possibilidades reais e previsionais do País e à espectativa de vida das pessoas, continuando a conferir dignidade a uma vida depois do trabalho. Em suma, trata-se de fazer não apenas o que é possível, mas fazer o que é necessário para bem do futuro e para bem do País”.

29-11-2013 Partilhar Recomendar
19-12-2018
Aprovação do regime especial para os bailarinos só foi possível graças à “não cegueira ideológica do PSD”
    Joana Barata Lopes elogiou o trabalho dos partidos e lamentou que a postura do PSD não seja replicada pela esquerda em outras matérias.
19-12-2018
O reforço da conciliação entre a vida profissional e pessoal é uma preocupação do Grupo Parlamentar do PSD
    Clara Marques Mendes questionou aos comunistas porque votaram contra as propostas do PSD de apoio à natalidade.
12-10-2018
“Só com rendimentos dignos é que conseguimos combater as desigualdades sociais, a pobreza e a exclusão social”
    Clara Marques Mendes frisou que o PSD é a favor da atualização do salário mínimo nacional.
12-10-2018
BE e PCP estão reféns de António Costa
    Feliciano Barreiras Duarte considera que esta é a consequência de se venderem as convicções em troca de umas migalhas de poder.
12-10-2018
Joana Barata Lopes desafia o PCP a ser coerente e a votar contra o Orçamento
    Caso tal não aconteça, a deputada conclui que a iniciativa do PCP para aumentar o salário mínimo não passou de uma encenação para os jornais.
12-10-2018
PSD questiona o governo sobre os atrasos no pagamento do POISE
    Os sociais-democratas fizeram eco das queixas das entidades formadoras, formadores e formandos referentes a atrasos que ocorrem desde 2016.
20-09-2018
Pensões: introduzir equidade no sistema é o mais importante
    Mercês Borges alertou para a importância de se corrigir as injustiças existentes sem que se criem novas.
18-07-2018
Pessoas em situação de sem-abrigo: PSD defende a adoção de uma estratégia nacional
    Ana Oliveira afirmou que os sociais-democratas defendem uma estratégia assente em objetivos e avaliações reais.
06-07-2018
Legislação laboral: finalmente o governo reconhece que muito do que se fez deu resultados e não deve ser demagogicamente revertido
    Clara Marques Mendes saudou ainda a mudança de posição dos socialistas em relação à importância da concertação social.
06-07-2018
Geringonça: “acabaram os tempos festivaleiros das reversões e agora é tempo dos encontrões”
    Adão Silva alertou ainda para a “traição” que o PS se prepara para fazer ao que foi acordado em concertação social.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas