Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
O PSD e este Governo pretendem fazer do Estado e do Ministério da Justiça uma «Pessoa de Bem»
Paulo Rios Oliveira destacou que esta atitude foi algo que desapareceu durante a governação socialista.

Para Paulo Rios de Oliveira a Petição que solicita à Assembleia da República que legisle no sentido de reformular a forma de pagamento das compensações devidas aos advogados inscritos no Sistema de Acesso ao Direito e aos Tribunais é, antes de mais, “um Grito de Alma de milhares de profissionais que viram durante anos esquecidos ou ignorados Direitos básicos que deveriam estar presentes na relação entre os Estado e o Cidadão, neste caso o Advogado”.

Segundo o social-democrata “durante anos o Partido Socialista, no poder, acumulou despudoradamente dívidas junto daqueles que, de forma voluntarista e abnegada, se propuseram colaborar com o Estado no cumprimento de normas constitucionais como seja a garantia do Acesso ao Direito e aos Tribunais. De facto, o Estado tem de ser uma «Pessoa de Bem» e não foi a isso que o Partido Socialista nos habituou”.

E, acrescenta o parlamentar, “quando o Estado falha, falha repetidamente e demonstra incapacidade de reforma ou correção, os cidadãos são obrigados a buscar formas alternativas de resolução dos seus problemas e defesa dos seus direitos, como a proposta contida nesta Petição faz prova”.

Contudo, prossegue o deputado, se esta Petição era justa e oportuna em 2011, perdeu sentido e pertinência nesta data. “Saibam que: o PSD e este Governo não se demitiram nem se demitem de fazer do Estado e do Ministério da Justiça uma «Pessoa de Bem»; o PSD e este Governo não desistem de devolver aos Cidadãos a confiança nos serviços e garantias que ao Estado compete prestar; o PSD e este Governo não aceitam que o Sistema de Acesso ao Direito seja ingerível, ingovernável ou incorrigível; e, mais do que com palavras, provarei com a frieza indesmentível dos números, que a espiral de dívida a que o PS nos habituou nesta e noutras matérias foi estancada e invertida”.

Paulo Rios de Oliveira recordou as dívidas que o anterior Governo foi acumulando e as medidas e pagamentos já efetuados pelo atual Governo. “Por todos estes motivos que vão desde já ao encontro das legítimas preocupações dos peticionários, o PSD não desencadeará qualquer iniciativa legislativa sobre esta específica matéria”.

A concluir a sua intervenção o parlamentar deixou uma palavra de louvor a “todos os Advogados que, nobremente, colaboram no Sistema de Acesso ao Direito, pois é também com estes operadores Judiciários que pretendemos operar e Reforma da Justiça que Portugal reclama e que não pode mais ser adiada”.

09-02-2012 Partilhar Recomendar
19-07-2019
Lei do lobbying: este é o momento de parar para pensar
    Após o veto do Presidente da República, Álvaro Batista afirmou que o PSD prefere esperar 3 meses e decidir bem, do que correr o risco de correr mal.
19-07-2019
Emília Cerqueira louva trabalho desenvolvido pela Provedora de Justiça
    No debate do Relatório Anual, a deputada destacou a forma como a Provedora tratou o processo de indemnização às vítimas dos incêndios.
04-07-2019
Parlamento define princípios gerais de atribuição de abonos para apoio à atividade política dos deputados
    António Leitão Amaro afirmou que a solução encontrada resolve os problemas identificados, mas enfatizou que esta não era a solução defendida pelo PSD.
04-07-2019
Transparência: governo é o maior responsável pelo clima de descrédito que incide sobre os políticos
    No entender de Paulo Rios de Oliveira, o executivo socialista continua a ser parte do problema.
04-07-2019
Regime jurídico do acesso ao direito e aos tribunais nunca foi prioritário para o governo
    Andreia Neto adianta ainda que a proposta do executivo menoriza os advogados portugueses.
04-07-2019
Ao final de quatro anos, governo começa finalmente a identificar problemas
    Sara Madruga da Costa falava a propósito dos problemas no Instituto Nacional de Medicina Legal e nas perícias medico legais em Portugal.
04-07-2019
“Portugal continua a figurar nos relatórios internacionais como um mau aluno em matéria de combate à corrupção”
    Rui Cruz refere que o governo “não soube, ou não quis, dar mais força, profundidade e eficácia à investigação criminal”.
04-07-2019
Proposta do processo de inventário foi prometida durante 4 anos
    Emília Cerqueira considera que, ao apresentar a proposta nos últimos dias dos trabalhos parlamentares, o governo demonstra que afinal não o pretendia aprovar.
21-06-2019
“Este governo menosprezou a justiça”
    Emília Cerqueira enfatizou que estamos perante um “governo que não age por ação, só por reação”.
31-05-2019
Carlos Peixoto: aumento do salário dos juízes é injusto para os portugueses
    O deputado lembra que os juízes passam a poder ganhar mais que o Primeiro-Ministro.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas