Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Carla Barros fala em “encenação” da esquerda na regularização extraordinária dos vínculos precários
Segundo a deputada estes partidos preparam-se para criar graves “injustiças e desigualdades”.
No debate sobre a regularização extraordinária dos vínculos precários, Carla Barros classificou a postura dos partidos da esquerda como sendo de “encenação” e de “faz de conta”. Recordando que, há dois anos, estes partidos prometeram a integração dos 116 mil trabalhadores precários na administração pública, a parlamentar considerou que esta intenção da esquerda é “opaca e pouco credível”. Dirigindo-se às bancadas que suportam o governo, a social-democrata afirmou que “os trabalhadores vão perder rendimentos, quase na ordem dos 50%. Os senhores vão despedir. Os senhores estão a criar injustiças e desigualdades entre trabalhadores que estão há décadas com vínculos precários e trabalhadores que foram recentemente admitidos. Os senhores não apresentaram impactos... (ver mais)
Partilhar  
Pedro Roque lamenta o desrespeito dos comunistas pela concertação social
O deputado recordou que é a esse órgão que compete, em espírito negocial, encontrar o valor mais adequado para o salário mínimo nacional.

Partilhar  
“A reforma da floresta não se faz a correr nem contra os agentes do sector”
Maurício Marques reprovou a forma atabalhoada e apressada que o governo encontrou para justificar a incompetência no combate aos incêndios.

Partilhar  
Tudo devemos fazer para evitar que os beneficiários do rendimento social de inserção sejam estigmatizados
Mercês Borges lembrou que esta prestação social visa apoiar pessoas que estão numa fase complicada.

Partilhar  
“A educação sexual deve ser analisada numa perspetiva ampla do que é a formação cívica e social dos jovens portugueses”
Margarida Balseiro Lopes criticou PS e BE por apresentarem propostas “desgarradas” e ignorarem os projetos educativos desenvolvidos pelos professores.
“A educação sexual deve ser analisada numa perspetiva ampla do que é a formação cívica e social dos jovens portugueses. Exige, aliás, uma visão abrangente do que são as atitudes e comportamentos para a saúde e bem-estar, não só físico, mas também psicológico e emocional”. Estas foram as palavras iniciais de Margarida Balseiro Lopes do debate de iniciativas que visam o alargamento do quadro de competências, modalidades e financiamento dos Gabinetes de Informação e Apoio de educação para a saúde e Educação Sexual.
Sublinhando que o último relatório reconhece que há ainda muito a fazer e aspetos a melhorar, nomeadamente a falta de uma cultura de avaliação sistemática de medidas em meio escolar, a deputada lamentou que PS e BE ignorem esta realidade e venham propor o... (ver mais)
Partilhar  
PSD quer alargar o projeto piloto do cadastro aos concelhos fustigados pelos incêndios
O diploma dos sociais-democratas foi apresentado pelo deputado Nuno Serra.
Nuno Serra apresentou, esta sexta-feira, a iniciativa do PSD que visa alargar o projeto piloto do cadastro a outros concelhos igualmente fustigados em termos de incêndios florestais.
No início da sua intervenção, o Vice-Presidente da bancada do PSD começou por recordar que, em setembro de 2016, a proposta do PSD que criava um mecanismo de criação do cadastro a todo o país foi rejeitada devido à falta de seriedade e bom senso e preconceito político. “Os partidos de esquerda reprovaram a proposta do PSD sem sequer a discutirem na especialidade para que no final de tudo aprovassem apenas um sistema com uns projeto piloto para alguns concelhos. À boa maneira da prepotência governativa socialista, o Ministro da Agricultura apelidou-a de surreal”.
Face a esta posição... (ver mais)
Partilhar  
Pedrógão Grande: “o relatório aponta falhas técnicas e destas falhas devia resultar responsabilidades políticas”
Carlos Abreu Amorim apelou à Ministra da Administração Interna e o Primeiro-Ministro que “assumam as responsabilidades e encerrem esta questão com dignidade”.
No debate de atualidade sobre a responsabilidade política decorrente do Relatório da Comissão Técnica Independente sobre a análise e apuramento dos factos relativos aos incêndios que ocorreram em Pedrógão Grande, Carlos Abreu Amorim afirmou que “não tem memória de ver um Ministro de qualquer governo ter uma atitude tão indecorosa” como a que a Ministra da Administração Interna teve. Para o Vice-Presidente da bancada do PSD “é indecoroso que a senhora Ministra e este Governo, nomeadamente o senhor Primeiro-Ministro, continue a não enfrentar a verdadeira questão que está presente em toda esta problemática: o Estado falhou”.
O parlamentar lamentou que a Ministra ainda não tenha lido o relatório da Comissão Independente e que esteja constantemente a falar ao lado do... (ver mais)
Partilhar  
Pedrógão Grande: “o tempo da lei da rolha e de sacudir a água do capote esgotou-se. É uma obrigação assumir as responsabilidades”
Para Marques Guedes o trabalho levado a cabo pela comissão independente é uma “luz de esperança” que contrasta com o “triste passa-culpas”.
O PSD agendou para esta sexta-feira um debate de atualidade sobre a responsabilidade política decorrente do Relatório da Comissão Técnica Independente sobre a análise e apuramento dos factos relativos aos incêndios que ocorreram em Pedrógão Grande.
Em nome dos sociais-democratas, Luís Marques Guedes começou por sublinhar que o apuramento dos factos, de forma independente e isenta, que este relatório nos trouxe é o primeiro ato de justiça que começa a ser feita às famílias das vítimas desta tragédia. “É certo que não é a reparação a que o Estado está em dívida para com elas, mas é um enorme contributo para a verdade e o esclarecimento que, inexplicavelmente, lhes tem sido negado”.
De seguida, o deputado sublinhou que o trabalho levado a cabo pela comissão... (ver mais)
Partilhar  
PSD quer valorizar e ampliar as competências da FCT
Nilza de Sena lamentou o “imobilismo” do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
O PSD apresenta, esta quinta-feira, várias iniciativas que pretendem facilitar os processos de transferência de conhecimento e tecnologia entre Instituições do Ensino Superior e Unidades de I&D, entrosando cada vez mais as empresas: fonte de crescimento económico e de riqueza para o País. No debate, Nilza de Sena começou por frisar que esse é o caminho para acrescentar valor, qualidade de vida, bem-estar e garantir a sustentabilidade do crescimento económico que, não tenho dúvida, todos desejamos sem exceção.
De seguida, a deputada frisou que o PSD é um partido reformista, que olha para o futuro e que teve sempre presente a importância de aproximarmos a ciência das pessoas, de promovermos a inovação como veículo para melhorar as condições de vida e sobretudo... (ver mais)
Partilhar  
Governo diminuiu a verba destinado à ciência
Emídio Guerreiro lembrou que nem no tempo da troika o orçamento destinado à ciência foi tão baixo.
No debate de seis iniciativas do PSD sobre “Conhecimento e Criação de Valor”, Emídio Guerreiro desconstruiu a narrativa socialista recorrendo aos números. O social-democrata exibiu um gráfico, da autoria da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, que mostrava que a verba alocada à ciência continuou a descer com o governo socialista. “Só não desce mais porque o valor das relações internacionais cresceu. Porque o valor das bolas e dos programas dirigidos a Instituições Universitárias e a empresas continuou a diminuir. Isto são factos”.
Lembrando ao PS que meia legislatura já passou, o deputado questionou quantas incubadoras de base tecnológica foram criadas nos últimos dois anos, quantos viveiros de empresas foram lançados e quantos parques de tecnologia foram... (ver mais)
Partilhar  
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas